Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Alex ‘Poatan’ propõe aposta de caridade com ex-UFC em possível luta com Chimaev

Campeão do peso-médio (84 kg) do UFC, Alex Pereira não se mostra irritado apenas com Khamzat Chimaev, por conta de seus constantes desafios e ‘trash talk’. Na última segunda-feira (28), ao participar do programa ‘The MMA Hour’, ‘Poatan’ não perdoou Brendan Schaub, ex-atleta do Ultimate e atual analista de lutas, por comentários a respeito de um possível choque com ‘ Borz’. Disposto a fazer o profissional engolir cada palavra proferida, o brasileiro lhe ofereceu duas apostas com o objetivo de ajudar crianças carentes.

Em seu podcast, Schaub não se mostrou impressionado com a atuação de ‘Poatan’ contra Israel Adesanya e afirmou que ele sofreria ao enfrentar um wrestler como Chimaev, já que foi derrubado por um striker no octógono. Segundo o ex-lutador, o brasileiro seria vítima da pressão e do jogo de quedas incessante de ‘Borz’. Empolgado, o americano cravou que Khamzat ‘limparia o chão’ com Alex e que iria levá-lo ao solo com menos de um minuto de combate. Já no programa, o paulista não escondeu a irritação, pois, em seu entendimento, Brendan o desrespeitou.

Impossibilitado de desafiar o ex-lutador para um confronto, ‘Poatan’ inovou e resolveu convidá-lo para participar de duas apostas. Como o americano apoia Chimaev, Alex explica que o vencedor da hipotética luta entre eles fatura 50 mil dólares (cerca de R$ 265 mil). Além disso, o brasileiro, confiante em sua defesa de quedas, coloca outros 50 mil dólares em jogo, caso Khamzat consiga derrubá-lo nos primeiros 30 segundos de ação. De acordo com o campeão do UFC, a possibilidade de ajudar os mais necessitados lhe dá motivação extra para calar ‘Borz’ e o comentarista.

“Tem o Schaub, um Zé ruela. Faço um desafio para ele. Se ele quiser apostar comigo na vitória, 50 mil dólares, doados para as crianças carentes. Fazer dois tipos de aposta. Ele falou também que o Chimaev me colocaria para baixo em 30 segundos. Se ele conseguir me colocar em 30 segundos para baixo, mais 50 mil dólares para fazer doação para as crianças carentes. Para o Chimaev e para o cara do podcast, qualquer um que aceitar a aposta, estou disposto. E não adianta falar depois, ficar sem graça e falar que aceitou. Coloca meu empresário com o dele para fazer um contrato e assinar para essas crianças. O Natal esta chegando”, declarou o campeão do UFC.

Após se destacar no Glory, Alex Pereira, de 35 anos, ampliou seus feitos nos esportes de combate. Agora, o brasileiro é campeão do peso-médio do UFC em sua quarta luta pela companhia. Na empresa desde 2021, o atleta segue invicto nela, com vitórias sobre Andreas Michailidis, Bruno ‘Blindado’, Sean Strickland e Israel Adesanya.

Mais em UFC