Siga-nos
Natassia del Fischer

UFC

Adversário de Marlon na ‘Ilha da Luta’ relata lição aprendida após última derrota

Com cinco vitórias consecutivas desde sua estreia no Ultimate, Cory Sandhagen chegou para o confronto diante de Aljamain Sterling, em junho deste ano, bem posicionado para, em caso de vitória, se aproximar de uma disputa pelo título peso-galo (61 kg) da organização. Mas o americano não contava que o adversário precisaria de pouco menos de 90 segundos para passar como um caminhão desgovernado por cima dele, garantindo a vitória por finalização e, provavelmente, o próximo ‘title shot’ da divisão.

A derrota, especialmente da forma como ela aconteceu, tem uma justificativa, como explicou o peso-galo em entrevista ao site ‘MMA Fighting’. Agora, escalado para encarar o brasileiro Marlon Moraes neste sábado (10), na luta principal do UFC ‘Fight Island 5’, em Abu Dhabi (EAU), o ‘Sandman’ promete ter aprendido a lição após sofrer seu primeiro revés no octógono mais famoso do mundo.

“Tive uma atuação patética naquela luta. Mas eu sei o que saiu errado. Eu não entrei lá com estado mental correto que você precisar estar quando você vai lutar. Você precisa estar em um nível de intensidade que te permita desempenhar em alto nível e uma luta de MMA é um cenário tão intenso. Foi meio que a primeira vez em um longo tempo que eu me senti tão calmo indo para uma luta. Eu associei isso a uma coisa positiva. (Mas) assim que nós entramos lá, Aljamain pulou em mim muito rápido, e eu acho que se eu estivesse em um nível diferente de intensidade, eu não teria cometido muitos dos erros técnicos que cometi. Mas é assim que você aprende”, contou Sandhagen, antes de revelar seus planos para que o mesmo não ocorra novamente.

“Na próxima vez que eu estiver me sentindo calmo assim, eu vou sair dessa. Talvez ter o meu treinador me estapeando um pouco ou fazer alguns exercícios de respiração antes de fazer o sparring. Só tendo a certeza que eu estou em um bom estado de espírito antes da luta”, concluiu.

Aos 28 anos, Cory Sandhagen compete no MMA profissional desde 2015 e soma 12 vitórias e apenas duas derrotas em seu cartel. Mais experiente, Marlon Moraes, de 32 anos, possui 23 triunfos, seis reveses e um empate em mais de uma década de carreira.

Mais em UFC