Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Adesanya promete repetir atuação histórica de Anderson Silva em sua próxima luta

Campeão peso-médio (84 kg) do UFC há quase três anos, Israel Adesanya colocará seu cinturão em jogo novamente no próximo dia 2 de julho, contra Jared Cannonier, na luta principal da edição de número 276, em Las Vegas (EUA). Dominante e dono de um estilo de luta plástico na trocação, o nigeriano é, constantemente, comparado ao brasileiro Anderson Silva, que reinou na mesma divisão entre 2006 e 2013. E, de acordo com ‘Izzy’, sua próxima apresentação será digna dos melhores momentos do ‘Spider’ no octógono do Ultimate.

Em vídeo recentemente publicado no seu canal do ‘Youtube’, Adesanya prometeu elevar ainda mais seu nível de desempenho contra Cannonier, e usou uma das apresentações mais memoráveis da carreira de Anderson Silva como ponto de referência para o que pretende fazer no octógono do UFC 276. De acordo com o nigeriano, em sua próxima luta, ele se inspirará na espetacular atuação do brasileiro contra Forrest Griffin, em combate disputado em 2009, no UFC 101.

Na disputa em questão, Anderson – que, à época, estava cada vez mais consolidando seu legado como um dos grandes lutadores da história do MMA – mostrou uma superioridade sobre o americano poucas vezes vista dentro do esporte. Com sua peculiar tranquilidade em cima do octógono, o ‘Spider’ utilizou suas fintas e controle de distância para nocautear Griffin, que havia acabado de perder o cinturão dos meio-pesados (93 kg) do UFC.

“Isso vai ser espetacular. Pense no UFC 101, Anderson Silva vs Forrest Griffin. Tipo, eu vou dentro da zona (de concentração). Eu não ligo – fiquem ligados”, prometeu Adesanya.

Caso vença seu combate contra Jared Cannonier, no próximo dia 2 de julho, Israel Adesanya vai chegar à quinta defesa de título bem-sucedida na divisão dos médios, ficando ainda a cinco triunfos como campeão da marca estabelecida por Anderson Silva durante seu reinado. O feito do brasileiro permanece até hoje como recorde histórico do UFC.

Mais em UFC