Siga-nos
Leandro Bernardes / PxImages

Suspensão Médica

‘Jacaré’ e vítima de Edson Barboza levam gancho médico por tempo indeterminado

Como de praxe, após a realização de todos os eventos do UFC, o órgão responsável por regular o show no local sede aplica as sanções médicas devidas aos atletas participantes. No caso da edição de número 262, que aconteceu no último sábado (15), o Departamento de Licenciamento e Regulamentação de Esportes de Combate do Texas foi bastante rigoroso com uma parte dos lutadores que se apresentou no octógono, no show sediado na cidade de Houston (EUA).

De acordo com o site ‘MMA Fighting’, quatro atletas do UFC 262 receberam suspensões médicas por tempo indeterminado, ficando condicionados a apresentarem atestado médico que os libere para voltar a competir antes que a sanção seja removida. Entre os suspensos estão o brasileiro Ronaldo ‘Jacaré’, que fraturou o braço no duelo contra o compatriota André ‘Sergipano’ Muniz, e o americano Shane Burgos, vítima de um inusitado nocaute na disputa contra o veterano Edson Barboza.

Um dos maiores representantes do jiu-jitsu na história do MMA, ‘Jacaré’ foi surpreendido por ‘Sergipano’, que, ainda no primeiro round da peleja, encaixou uma justa chave de braço, responsável pela fratura sofrida pelo veterano. A quarta derrota consecutiva marcou o fim da trajetória do faixa-preta no Ultimate, já que seu contrato não será renovado pela organização. O capixaba já se recupera da lesão após passar por cirurgia.

Já Shane Burgos sofreu um dos nocautes mais inusitados dos últimos tempos. Atingido por uma combinação de socos desferida por Edson Barboza, o americano levou alguns segundos até cair inconsciente no chão. A curiosa situação gerou preocupação nos presentes e o peso-pena (66 kg) foi levado imediatamente ao hospital, onde passou por exames até ser liberado. Ao que tudo indica, uma nova avaliação deve ser cobrada do lutador para que ele possa voltar ao octógono.

Confira a lista de suspensões médicas do UFC 262:

Charles ‘Do Bronx’: suspenso até o dia 15 de junho;
Michael Chandler: suspenso até o dia 15 de junho;
Beneil Dariush: suspenso até o dia 21 de maio;
Tony Ferguson: suspenso até o dia 25 de maio;
Katlyn Chookagian: suspensa até o dia 25 de maio;
Viviane Araújo: suspensa até o dia 25 de maio;
Edson Barboza: suspenso até o dia 30 de junho;
Shane Burgos: suspenso indefinidamente;
André ‘Sergipano’ Muniz: suspenso até o dia 23 de maio;
Ronaldo ‘Jacaré’: suspenso indefinidamente;
Rogério Bontorin: suspenso até o dia 23 de maio;
Matt Schnell: suspenso indefinidamente;
Lando Vanatta: suspenso até o dia 25 de maio;
Mike Grundy: suspenso até o dia 30 de junho;
Andrea Lee: suspensa até o dia 23 de maio;
Antonina Shevchenko: suspensa indefinidamente;
Jordan Wright: suspenso até o dia 23 de maio;
Jamie Pickett: suspenso até o dia 15 de junho;
Priscila ‘Pedrita’: suspensa até o dia 23 de maio;
Gina Mazany: suspensa até o dia 15 de julho;
Tucker Lutz: suspenso até o dia 15 de junho;
Kevin Aguilar: suspenso até o dia 15 de junho;
Christos Giagos: suspenso até o dia 23 de maio;
Sean Soriano: suspenso até o dia 23 de maio.

Mais em Suspensão Médica