Siga-nos
Natassia del Fischer

Ranking

Marlon Moraes perde posições no ranking dos galos; brasileiras sobem no peso-palha

A atualização semanal do ranking do Ultimate trouxe mudanças significativas em algumas categorias, afetando direta ou indiretamente alguns atletas brasileiros. Nocauteado por Cory Sandhagen no segundo round da luta principal do UFC ‘Fight Island 5’, no último sábado (10), Marlon Moraes viu o resultado negativo refletir na nova classificação da divisão dos galos (61 kg). Já as lutadoras do Brasil do peso-palha (52 kg) tiveram uma boa surpresa.

Antigo primeiro colocado no ranking peso-galo, Marlon foi superado por Aljamain Sterling, provável próximo desafiante ao título da categoria, e pelo seu algoz Cory Sandhagen na lista top 15. O brasileiro agora ocupa a terceira posição na classificação, se distanciando de um ‘title shot’.

Enquanto isso, cinco brasileiras foram beneficiadas pela retirada do nome de Tatiana Suarez do ranking peso-palha do UFC. Ausente dos octógonos desde junho de 2019, a invicta lutadora americana fazia parte do top 3 da divisão há algum tempo.

Com a saída de Suarez da lista, Cláudia Gadelha entrou no top 5; Marina Rodriguez, Mackenzie Dern e Virna Jandiroba ganharam uma posição; e Amanda Ribas subiu dois degraus, ocupando agora a 10ª colocação no ranking até 52 kg do UFC. Também ausente dos octógonos desde junho do ano passado, Nina Ansaroff – que recentemente deu à luz sua primeira filha, fruto do relacionamento com Amanda Nunes – segue presente na classificação, mas perdeu o posto entre as cinco melhores da categoria para Gadelha.

Próxima atleta a tentar destronar a campeã Valentina Shevchenko, em duelo marcado para o dia 21 de novembro, no UFC 255, Jennifer Maia ultrapassou Cynthia Calvillo e agora ocupa a segunda posição no ranking peso-mosca (57 kg). Na mesma categoria, mas no masculino, o mexicano Brandon Moreno é o novo número um da divisão, superando o ex-desafiante Joseph Benavidez.

Curiosamente, Moreno não foi a primeira e tampouco a segunda opção do UFC ao escalar o adversário de Deiveson Figueiredo em sua primeira defesa de cinturão. O brasileiro enfrentaria originalmente Cody Garbrandt, mas, devido a lesão do americano, Alex Perez – quarto colocado entre os moscas – foi o escolhido para duelar com o ‘Deus da Guerra’.

Mais em Ranking