Siga-nos

Notícias

Vídeo mostra Jeremy Stephens sendo atacado por torcida no UFC México; veja

A luta principal do UFC México – realizado no último sábado (21) – prometia um grande duelo entre Yair Rodriguez e Jeremy Stephens. No entanto, o confronto foi finalizado ainda no primeiro assalto por interrupção médica, sendo considerado no contest (sem resultado). Frustrados, os torcedores mexicanos presentes passaram a arremessar o que tinham em mãos em direção ao octógono e dificultaram a saída do americano (veja abaixo ou clique aqui).

Aos 15 segundos do primeiro round, Rodriguez acertou uma dedada involuntária no olho de Stephens, obrigando o árbitro Herb Dean a paralisar o combate. Com a dificuldade do peso-pena (66 kg) americano em se recuperar, os médicos foram chamados ao octógono para examiná-lo, e os mesmos determinaram o fim do combate por impossibilidade do lutador em continuar.

Ao ver a reação de incredulidade e irritação do atleta da casa com o encerramento precoce da luta, os torcedores, que aguardavam ansiosos pela luta principal da noite, também questionaram a veracidade da lesão e se rebelaram. Na saída para o túnel que o levaria ao vestiário, Stephens, mesmo escoltado por seguranças, foi atingido por diversos objetos lançados pelo público, entre copos de cerveja, água e até pipoca.

Em razão da situação atípica e do combate sem resultado, é esperado que o UFC tente agendar novamente o confronto entre Rodriguez e Stephens no futuro próximo. O próprio americano, irritado com as insinuações de que teria fugido do duelo, já sugeriu que estaria pronto para um novo combate contra o mexicano nas próximas semanas.

Mais em Notícias