Siga-nos
Natassia Del Fischer

Notícias

UFC 254 vende 675 mil pacotes de pay-per-view e fica abaixo da expectativa

Tratado como um dos principais cards de 2020, o UFC 254 – realizado no último sábado (24), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU) – gerou na organização a expectativa de uma grande procura pelos pacotes de pay-per-view do evento. Porém, de acordo com o ‘Sports Business-Journal’, o número de pay-per-views comprados nos Estados Unidos ficou em apenas cerca de 500 mil, enquanto que internacionalmente se chegou ao número aproximado de 175 mil compras.

O total de 675 mil pay-per-views vendidos deixa o UFC 254, que teve em sua luta principal a disputa pelo cinturão peso-leve (70 kg) entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje – vencida pelo russo -, na quinta posição no ranking de eventos numerados realizados neste ano. Atrás, por exemplo, da edição 249, disputada no último mês de maio, que foi liderada pelo duelo entre Gaethje e Tony Ferguson, válido pelo título interino da categoria.

Um dos motivos que podem ter contribuído para o número abaixo das expectativas foi o horário da transmissão do evento, realizado nos Emirados Árabes Unidos. Nos Estados Unidos, a exibição ao vivo do UFC 254 teve início no final da manhã ou início da tarde, dependendo do fuso horário de cada região no território norte-americano, o que não é comum nas edições com venda de pay-per-view.

A decisão foi tomada para que outros países, como a Rússia – terra natal do campeão peso-leve Khabib Nurmagomedov -, pudessem assistir ao show em um horário razoável. Mas, ao final, pode ter sido um dos responsáveis pela venda abaixo do esperado de pay-per-views. Vale lembrar que na semana que antecedeu o UFC 254, Dana White – presidente da liga – afirmou que os números preliminares apontavam para um evento com sucesso histórico nesta área comercial.

Mais em Notícias