Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

MMA

Top 4 dos moscas se desliga do UFC para “cuidar da saúde”

Membro do top 5 do peso-mosca (57 kg) do UFC e visto como um potencial postulante ao título da divisão, Askar Askarov não faz mais parte do plantel da organização presidida por Dana White. Através do seu perfil oficial no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui), o russo revelou que pediu sua liberação e foi atendido pela entidade. Com isso, a nova atualização de ranking do Ultimate traz uma grande movimentação entre os atletas da categoria até 57 kg.

Ainda de acordo com a publicação feita por Askarov nas redes sociais, o motivo por trás de seu pedido e, consequentemente, da sua saída do UFC tem a ver com sua saúde. Apesar de usar a imagem de duas luvas sobrepostas para ilustrar a postagem, não ficou claro se o russo decidiu encerrar definitivamente a carreira ou se é apenas uma pausa para cuidar da saúde e o mesmo pretende retornar à ação no futuro.

“Assalamualikum, devido ao fato de que meu retorno estava atrasado, por motivos de saúde e essa era minha última luta de contrato, pedi ao UFC que me liberasse. Ao qual recebi uma resposta positiva. Primeiro, vamos colocar a saúde em ordem, e depois veremos o que e como”, escreveu Askarov, na legenda da publicação.

Em virtude da saída do russo, que ocupava a quarta colocação no ranking peso-mosca do UFC, vários atletas ganharam posições na tabela de classificação da categoria. Entre eles, o brasileiro Matheus Nicolau, que subiu do sétimo para o sexto lugar na lista. Quem também se beneficiou com a exclusão de Askarov foi Tysom Nam, que agora fecha o top 15 da divisão.

Outro que teve motivos para comemorar após a divulgação da mais recente atualização dos rankings do Ultimate foi Arnold Allen. O britânico, vencedor do main event do UFC Vegas 63, foi alçado ao top 5 do peso-pena (66 kg) e agora ocupa a quarta colocação, se aproximando do topo e de uma possível disputa pelo cinturão da categoria, atualmente dominada pelo australiano Alexander Volkanovski.

Mais em MMA