Siga-nos
Diego Ribas

Notícias

Tony Ferguson pede para Dana White mudar de ideia e negociar com Poirier

Apesar de Dana White já ter adiantado que procura um novo rival para Tony Ferguson, parece que a ideia sobre a possível luta do americano com Dustin Poirier não está totalmente descartada. O ‘El Cucuy’ fez um apelo para a organização não desistir de casar este confronto para o UFC 254, dia 24 de outubro, na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU).

Através das redes sociais (clique aqui ou veja abaixo), Ferguson sugeriu para Dana White voltar atrás e assinar com Poirier, que recentemente pediu para ser recompensado financeiramente para fechar este duelo. De acordo com o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) do UFC, um combate contra o ‘The Diamond’ seria atrativo para o público.

“Olhando para você, garoto. Pague o homem, Dana White e UFC. Eu amo vocês, mas vamos dar violência e casualidade aos fãs. Eles merecem. Uma boa luta, senhor”, pediu.

Poirier não demorou muito tempo para responder Ferguson e agradecer seu esforço para que esta luta aconteça. Também nas redes sociais (clique aqui ou veja abaixo), o americano afirmou que seu possível rival tem trabalhado duro para salvar esse combate.

“Tony é o tipo de cara que agencia seu oponente e consegue um novo contrato para a luta acontecer”, respondeu o atual número dois do ranking da categoria.

O UFC 254 tem como luta principal o combate entre Khabib Nurmagomedov e Justin Gaethje, pelo cinturão dos leves. A intenção do Ultimate era casar Poirier e Ferguson no mesmo show para o vencedor já ser apontado como o próximo desafiante ao título – além dos atletas poderem servir como substitutos para caso algum dos protagonistas do main event não pudesse atuar na data.

No MMA profissional desde 2008, Tony Ferguson tem 25 vitórias e quatro derrotas na carreira. No Ultimate, o americano chegou a conquistar o cinturão interino da organização em 2017, mas o perdeu por inatividade. Recentemente, o lutador acumulou uma invencibilidade de 12 luta até ser superado por Justin Gaethje, em maio desse ano.

Com um cartel de 26 vitórias, seis derrotas e um “No Contest” (luta sem resultado), Dustin Poirier, atual número três do ranking, já teve a chance de ser campeão linear do peso-leve, mas foi derrotado por Khabib Nurmagomedov, no terceiro round, por finalização, em setembro de 2019. Antes desse confronto, o lutador havia derrotado Max Holloway e conquistado o cinturão interino da categoria por pontos.

Mais em Notícias