Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Notícias

Stephen Thompson revela arma secreta para superar adversário no UFC Vegas 17

Apesar de não lutar no UFC Vegas 17, Leon Edwards desempenhou um papel preponderante no evento deste sábado (19). O atleta recusou o duelo com Stephen Thompson, praticamente foi forçado pela organização a aceitar enfrentar Khamzat Chimaev, mas, ao testar positivo para a COVID-19, a luta principal da atração caiu e a posição foi ocupada pelo mesmo Thompson, que o desafiou. Agora, o adversário do experiente lutador é Geoff Neal, em combate que deve aproximar o vencedor do cinturão do peso-meio-médio (77 kg).

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Thompson, conhecido por ser dono de uma das trocações mais técnicas do esporte, analisou a luta e, por mais que saiba que Neal seja um ‘striker’ poderoso, apontou para a possibilidade do mesmo tornar o embate travado. Dessa forma, o ex-desafiante ao cinturão da categoria revelou que possui uma arma secreta, justamente, para frustrar a estratégia do adversário e ela é seu amigo e parceiro de treino, Chris Weidman, ex-campeão dos médios (84 kg) do UFC.

“Em algum momento, acho que ele (Geoff Neal) vai usar o wrestling, a força, talvez me colocar contra a grade e a usar para tentar me derrubar ou fazer o ‘dirty boxing’. Tive ótimos parceiros de treino que me ajudaram a me preparar para essa luta. Onde quer que a luta vá, estarei pronto. Ter Weidman ao meu lado, que é um médio enorme e um wrestler de alto nível foi simplesmente incrível. Nos treinos, ir da trocação para a luta agarrada com ele me dá confiança extra, porque a luta com Neal pode ser assim. Sei que ele vai buscar uma queda em algum momento. Foi ótimo ter Weidman comigo e estou pronto aonde quer que a luta vá”, declarou Thompson.

Frequentemente, o norte-americano marca presença na elite do peso-meio-médio e, não à toa, lutou pelo cinturão duas vezes, quando Tyron Woodley era o campeão. Como não teve sucesso, Thompson destacou que a experiência de participar de grandes combates pode ser um diferencial a seu favor para aproximá-lo de uma nova chance de lutar pelo título, cujo dono atual é Kamaru Usman. Ao mesmo tempo, o atleta elogiou Neal e garantiu estar preparado para conter a ameaça.

“Já lutei todos os rounds pelo cinturão, disputei a luta principal de vários eventos, então estou acostumado. Em algum momento, você tem que colocar o pé no chão e dizer ‘Ei, vamos tentar outra disputa pelo título’ e acho que com uma boa vitória sobre Neal isso pode ser uma possibilidade. Claro que não estou olhando além de Neal, porque ele é duro e tudo pode acontecer, mas se eu conseguir uma boa vitória, quero alguém entre os cinco primeiros. Ele é um lutador paciente, forte, inteligente e muito difícil de sair da sua estratégia. Estou preparado para a melhor versão dele”, concluiu.

A última aparição de Stephen Thompson aconteceu em novembro de 2019, quando venceu Vicente Luque e encerrou a sequência de duas derrotas. Atualmente, o atleta ocupa a quinta posição no ranking do peso-meio-médio e possui um registro de 15 vitórias, quatro derrotas e um empate.

Mais em Notícias