Siga-nos
Jeff Bottari/Zuffa LLC

UFC

Santiago Ponzinibbio é brutalmente nocauteado em retorno ao UFC; Condit supera Brown

Santiago Ponzinibbio teve um retorno para se esquecer. Sem lutar desde 2018 por conta de lesões e problemas de saúde, o argentino enfrentou o perigoso Li Jingliang no UFC Fight Island 7, evento que aconteceu neste sábado (16), em Abu Dhabi (EAU), e foi presa fácil para o adversário. O chinês precisou de apenas um round para nocautear e conseguiu o feito de forma violenta. A derrota encerrou a sequência de sete vitórias seguidas de Santiago e o distanciou do top-15 dos meio-médios (77 kg). Também pela categoria, os veteranos Carlos Condit e Matt Brown deixaram a desejar no quesito emoção. Como o importante é vencer, Condit, ex-campeão interino da classe, triunfou pela segunda vez seguida e, justamente, em sua última luta no contrato com a empresa.

Como sua última aparição no octógono aconteceu em novembro de 2018, Santiago iniciou o combate de forma mais paciente para se acostumar com o octógono novamente. Contudo, ao adotar essa postura, o argentino permitiu que Jingliang ficasse à vontade na luta. O chinês foi ativo, se movimentou bastante, apresentou mais volume e acertou bons golpes. Em um deles, o ‘Gente Boa’ conheceu o poder do adversário da pior forma, já que desabou ao receber um cruzado de esquerda.

Se esperava que a luta entre Carlos Condit e Matt Brown fosse um combate violento e, se dependesse do primeiro, seria, mas o segundo surpreendeu. Em pé, Condit mostrou sua maior versatilidade e talento logo no início da luta ao aplicar golpes plásticos. Sendo assim, Brown percebeu que o melhor seria levar a luta para o chão e conseguiu. Por lá, o veterano de 40 anos controlou as ações, mas sem tanta efetividade e recebeu cotoveladas do oponente, mesmo por baixo.

No segundo assalto, Condit voltou mais focado e acertou bons chutes. Por sua vez, Brown respondeu com uma cotovelada e optou por levar o combate para a grade. No entanto, Condit se desvencilhou e derrubou o adversário com um chute, após fintar um soco. Se no primeiro round Brown ficou por cima, no segundo Condit deu o troco e administrou a posição na base do ‘ground and pound’.

Com o equilíbrio, o terceiro round começou de forma polêmica, com um chute ilegal por parte de Condit. Os atletas optaram por travar o duelo e em uma das trocas, Condit pegou as costas de Brown e por lá ficou por um tempo. Brown não se entregou, saiu da posição desfavorável e, já no final do encontro, conseguiu quedar o adversário. Mesmo de costas para o chão, Condit procurou ser mais ativo do que Brown e atacou de todos os ângulos. Apesar de estar por cima, Brown apenas se defendeu. Ao final de 15 minutos, os juízes premiaram Condit com a vitória por decisão unânime.

Santiago Ponzinibbio, de 34 anos, é o principal lutador argentino no UFC. O hermano estreou no MMA em 2008, disputou 31 lutas no esporte, venceu 27, sendo 15 por nocaute, e perdeu outras quatro. No Brasil, Santiago ganhou destaque ao participar da segunda edição do TUF Brasil 2 e, consequentemente, passou a integrar o UFC. A pesada derrota impediu Santiago de se reaproximar do top-15 dos meio-médios. Vale lembrar que, anteriormente, o lutador integrava a elite da categoria e reclamou de ser retirado dela pelo tempo de inatividade. Os maiores triunfos do atleta na modalidade foram diante de Neil Magny e Gunnar Nelson.

Carlos Condit, de 36 anos, é um dos veteranos do MMA mais queridos pela comunidade do esporte. O atleta disputou 45 lutas em sua carreira, venceu 32, sendo 15 por nocaute e 13 por finalização, perdeu outras 13 e conquistou vários bônus. Em 2012, o americano se tornou campeão interino dos meio-médios do UFC e disputou o cinturão linear da categoria duas vezes. Suas vitórias mais marcantes na modalidade foram diante de Dan Hardy, Dong Hyun Kim, Frank Trigg, Jake Ellenberger, Martin Kampmann, Matt Brown, Nick Diaz, Rory MacDonald e Thiago ‘Pitbull’.

Acompanhe os resultados do UFC Fight Island 7:

Carlos Condit venceu Matt Brown por decisão unânime;
Li Jinglian nocauteou Santiago Ponzinibbio no 1º round;
Alessio Di Chirico nocauteou Joaquin Buckley no 1º round;
Punahele Soriano nocauteou Dusko Todorovic no 1º round;
Joselyne Edwards venceu Wu Yanan por decisão unânime;
Carlos Felipe ‘Boi’ venceu Justin Tafa por decisão dividida;
Ramazan Emeev venceu David Zawada por decisão dividida;
Vanessa Melo venceu Sarah Moras por decisão unânime;
Austin Lingo venceu Jacob Kilburn por decisão unânime.

Mais em UFC