Siga-nos

Notícias

Patrício ‘Pitbull’ projeta vitória sobre campeão do UFC: “Sou o melhor peso-pena”

No início deste mês, Patrício ‘Pitbull’ fez história ao conquistar seu segundo cinturão no Bellator. Então campeão peso-pena (66 kg), o brasileiro nocauteou Michael Chandler para faturar também o título dos pesos-leves (70 kg) da organização. Desde então, o atleta da ‘Pitbull Brothers’ tem sido apontado como um dos maiores nomes que já atuaram na companhia, mas isso não parece ser o suficiente.

O mais novo bicampeão do Bellator mirou a maior organização de MMA do mundo e escolheu o campeão de sua categoria de origem como um alvo. De acordo com Patrício, ele venceria um possível confronto diante de Max Holloway. O havaiano, atual detentor do cinturão até 66 kg do UFC, não perde em sua divisão de peso desde 2013 – quando foi superado por Conor McGregor.

“Sou o melhor peso-pena do mundo, tenho sido há algum tempo. Eu venceria ele (Holloway). Isso é um fato. Assim como tinha certeza que venceria o Michael Chandler, tenho certeza absoluta que venceria o Max Holloway”, garantiu Pitbull, em entrevista ao site ‘MMA Junkie’.

Apesar de bem interessante, principalmente para os fãs do esporte, um confronto entre Patrício e Holloway dificilmente sairá do papel – ao menos por enquanto. Afinal de contas, os lutadores defendem organizações de MMA diferentes que nunca promoveram nenhum tipo de ‘combate casado’ entre atletas da mesma divisão. Portanto, presume-se que essa luta só acontecerá, de fato, quando o brasileiro e o havaiano estiverem na mesma liga.

“Para mim ele é o mesmo Max Holloway que lutou com o Conor McGregor – que perdeu. Para mim ele é o mesmo cara, não mudou tanto. No entanto, ele é bem completo. Muito alto, e usa o alcance dele muito bem. Tem um boxe muito afiado. Então os adversários não são capazes de fazer frente tecnicamente. Ele nocauteou Jose Aldo duas vezes com boxe puro. Falando como boxeador, ele foi capaz de parar o Aldo com isso”, elogiou Patrick, antes de revelar as qualidades que possui para bater o campeão do UFC.

“Jose Aldo sempre foi, por muito tempo, muito rápido e forte, então ele tinha uma técnica mediana – não excelente, mas boa – e conseguia vencer seus adversários por muito tempo por causa da velocidade e força, misturados com sua técnica. Max Holloway, ele não é um cara forte, mas ele é bem resistente, e com uma técnica acima da média. Por isso ele consegue ser dominante. Mas quando ele bater de frente com alguém com uma técnica como a sua e que tenha resistência para contê-lo até o fim, ele terá problemas. E eu tenho a força, poder e resistência. Tenho tudo que ele não quer enfrentar”, concluiu o brasileiro de 31 anos.

Patrício ainda segue sem um rumo definido para a carreira após se sagrar bicampeão do Bellator. Max, por sua vez, que vem de derrota em duelo realizado na categoria dos leves contra Dustin Poirier, já possui data e adversário definidos para sua próxima aparição nos octógonos. ‘Blessed’, como é conhecido, vai medir forças com Frankie Edgar no UFC 240, agendado para o dia 27 de julho, no Canadá.

Mais em Notícias