Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Mulher acusa Conor McGregor de agressão: “É como se ele estivesse possuído”

Maior astro do MMA, Conor McGregor está novamente nas manchetes, e mais uma vez por um motivo alheio ao seu desempenho esportivo dentro do octógono do UFC. O irlandês agora foi acusado por uma mulher de tê-la agredido dentro do seu iate em Ibiza, na Espanha, em julho de 2022, e está sendo investigado pela polícia. A notícia foi divulgada pelo periódico espanhol ‘Majorca Daily Bulletin’.

De acordo com a publicação, a suposta vítima – que alega ter amigos em comum e conhecer o lutador por ser da mesma vizinhança que ele na Irlanda – teria participado da festa de aniversário de McGregor no ‘Ocean Beach Club’, em Ibiza, e posteriormente se dirigido ao iate do atleta junto de outros convidados e do próprio aniversariante. Já no local, segundo o relato da mulher, o ex-campeão do UFC teria começado a insultá-la por sua aparência e depois a atacado com um chute na barriga e um soco, além de ameaçar afogá-la.

“Todo seu comportamento mudou naquele momento. Foi como se ele estivesse possuído. Eu sabia que tinha que sair daquela barco porque eu pensei que ele iria me matar. Nós temos amigos em comum e eu o encontrei várias vezes. Eu não consigo acreditar no que ele fez comigo. Ele é um criminoso. Eu acho que ele teria me matado se eu não tivesse escapado do iate”, disse a suposta vítima em seu depoimento ao serviço policial da Irlanda, a ‘Garda’, de acordo com a publicação.

Em seu depoimento à polícia, a mulher contou que, após os ataques de Conor McGregor e temendo por sua vida, pulou do iate do lutador, que estava próximo da ilha de Formentera, na Espanha, e foi resgatada por um barco da Cruz Vermelha que a levou de volta à costa.

De acordo com outra publicação, do site espanhol ‘Ultima Hora’, a suposta vítima teria dito inicialmente ter sido agredida pelo atleta do UFC, mas se recusado a identificá-lo como seu agressor quando a Guarda Civil Espanhola a interrogou, alegando que apenas queria ir embora de volta para a Irlanda. Porém, ao retornar ao seu país natal, a mulher prestou queixa contra o lutador na polícia e agora o incidente está sendo investigado.

“O Sr. McGregor é firme em sua negação de todas as acusações feitas por uma convidada em seu barco”, disse um representante do lutador do UFC ao site ‘MMA Mania’.

Esta não é a primeira polêmica fora do esporte na qual Conor McGregor vê seu nome envolvido. O ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do UFC, que não luta desde julho de 2021 por conta de uma grave lesão sofrida, coleciona problemas com a lei e incidentes polêmicos nos últimos anos. Entre elas, algumas se destacam, como: acusações de assédio sexual, agressão a um idoso e prisão por infringir regras de trânsito na Irlanda, e prisão nos Estados Unidos por quebrar o celular de um homem na Flórida.

Mais em Notícias