Siga-nos
Reprodução/Youtube

Notícias

Lutador morre após sofrer nocaute em evento de boxe sem luvas

Os fãs dos esportes de combate receberam uma triste notícia nesta segunda-feira (4). Justin Thornton, de 38 anos, faleceu em decorrência do nocaute brutal aplicado por Dillon Cleckler, no BKFC 20, evento de boxe sem luvas, realizado em agosto, no Mississippi (EUA). A informação foi divulgada pelo site ‘My MMA News’ e confirmada por Dave Feldman, presidente da companhia.

A luta entre Cleckler e Thornton foi válida pelo peso-pesado do ‘Bare Knucke FC’, durou 19 segundos e o término do combate foi impactante. Na ocasião, o derrotado saiu de maca do ringue e, imediatamente, foi hospitalizado.

De acordo com os relatórios, Thornton ficou parcialmente paralisado após sua participação no ‘BKFC’ e permaneceu hospitalizado por várias semanas, enquanto lutava contra uma infecção causada por uma lesão na medula espinhal. Nesta segunda-feira, o americano não resistiu. Em comunicado oficial enviado ao site ‘MMA Junkie’, Feldman, líder da organização de boxe sem luvas, lamentou o triste episódio.

“Esta manhã ficamos muito tristes ao sermos notificados do falecimento de um de nossos lutadores, Justin Thornton, que competiu no BKFC20, no dia 20 de agosto de 2021. Nós nos juntamos ao resto da comunidade dos esportes de combate para enviar nossas mais profundas condolências à sua família e entes queridos”, declarou o cartola.

Justin Thornton foi um veterano que atuou no MMA e no boxe sem luvas. Pelas artes marciais mistas, o americano disputou 24 lutas, venceu seis e perdeu 18 vezes, sendo as cinco últimas no primeiro round. Em sua carreira, o lutador enfrentou atletas conhecidos do público como Chase Sherman e Walt Harris, integrantes do UFC.

Mais em Notícias