Siga-nos
Diego Ribas/PXImages

Notícias

Khabib condena McGregor após atacar memória de seu pai: “Mostra o quão sujo é”

A rivalidade entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov é interminável. Mesmo envolvendo um lutador em atividade e outro aposentado, a animosidade entre as partes segue vive. Recentemente, ela voltou a se destacar no cenário do MMA, após o irlandês atacar a memória do pai do russo, Abdulmanap Nurmagomedov, que faleceu em 2020 por conta de complicações de saúde causadas pela COVID-19. Sendo assim, ‘The Eagle’ opinou a respeito e não poupou o desafeto.

A nova polêmica entre os desafetos começou quando Khabib comemorou a vitória de Dustin Poirier sobre McGregor na trilogia entre eles, realizada em julho, classificando o triunfo como o sucesso do bem diante do mal. Ao tomar conhecimento da declaração do rival, ‘Notorious’ questionou ‘The Eagle’ e deu a entender que, dessa forma, a COVID-19 é o bem, já que venceu a batalha contra o pai do russo. Imediatamente, o astro excluiu tal publicação, porém o estrago já estava feito.

Ao participar do podcast ‘Hotboxin’, de Mike Tyson, Khabib fez duras críticas ao comportamento de McGregor e ressaltou que o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) do UFC se envolve em constantes polêmicas porque está cercado de pessoas que se aproveitam de seu dinheiro e fama, e não de amigos de verdade, que se importam com sua vida pessoal e profissional. De acordo com o ex-número um do peso-leve, o ataque de ‘Notorious’ à memória de seu pai foi apenas um dos muitos episódios que mostram que ele se perdeu.

“Quando ele falou sobre isso, apenas o mal pode falar sobre seu pai, esposa, filhos e religião. Se você é um humano normal, nunca vai falar sobre essas coisas. Acho que ele postou quando bebeu demais ou fez algo. Ele sempre exclui esses tweets. Quando ele se tornou normal, ele olhou para seu telefone e disse: ‘Oh, o que eu fiz?’. Em seguida, excluiu. Essa é minha opinião, é o que ele faz o tempo todo. Quando alguém não está conosco, não está vivo, isso mostra o que você tem por dentro, mostra como você é sujo. Quando você é um dos melhores do mundo e você chega e dá um soco em alguém com 70 anos, como um senhor em um bar, isso mostra o seu coração. Isso mostra quem você é por dentro, o quão sujo você é. Quando você tem pais e filhos, como pode se mostrar assim?”, declarou Khabib , antes de completar.

“Não entendo como suas pessoas próximas não lhe dizem: ‘Ei, o que está acontecendo?’ Quando você fica rico, famoso, algumas pessoas perdem pessoas reais ao seu redor. As pessoas reais que te amam vão te dizer a verdade, mas e as pessoas falsas? Eles sempre dizem que você é bom, nunca dizem nada a você, porque não querem incomodá-lo, porque sabem que vão perder um lugar confortável. Pessoas reais não se importam com isso. Elas estavam com você antes de você se tornar famoso e rico, então não se importam com seu dinheiro ou com sua fama. Elas, simplesmente, amam você. E quando elas dizem a verdade, você não gosta disso por causa do seu ego. Acho que ele perdeu muitas pessoas ao seu redor. Não acho que ele tenha pessoas que estavam com ele antes, quando se tornou campeão. Todos precisam de alguém que lembre o que você está fazendo, dizendo se isso é ruim ou é bom. Esta é a vida”, concluiu.

O duelo entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov aconteceu em 2018 e o clima para a batalha foi bélico. No pré-luta, o irlandês atacou Khabib, sua família, país e religião e, durante o confronto, o russo provocou McGregor enquanto desferia seus golpes. Após a vitória do então campeão do peso-leve do UFC por finalização no quarto round, o octógono foi palco de uma briga generalizada entre os membros das equipes.

Desde então, o irlandês sempre demonstrou interesse em uma revanche contra o desafeto, mas o russo nunca cedeu, justificando sua vitória no primeiro encontro como suficiente para provar sua superioridade sobre o rival. Com a aposentadoria de Khabib, a aguardada revanche, ao que tudo indica, ficará no imaginário dos fãs.

Mais em Notícias