Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Kevin Holland sugere possível aposentadoria em post enigmático no Instagram

Um dos lutadores mais ativos do UFC nos últimos anos, Kevin Holland pode ter subido no octógono mais famoso do mundo pela última vez no dia 10 de setembro, quando foi derrotado por Khamzat Chimaev, no co-main event da edição de número 279 do Ultimate. Pelo menos é o que deu a entender o próprio lutador em uma enigmática mensagem compartilhada em suas redes sociais nesta quinta-feira (22).

Na publicação, feita na página oficial do lutador no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui), Holland insinuou que estaria se aposentando do MMA. Apesar disso, ainda não há uma confirmação oficial sobre o assunto por parte do atleta ou de seus representantes.

“Foi bom enquanto durou. (Completo) 30 (anos) em pouco mais de um mês. Fui pago, vou dar o fora. Próxima escolha de carreira?”, escreveu ‘Trailblazer’ na publicação.

Kevin Holland completa 30 anos de idade no próximo dia 5 de novembro. O americano atua no MMA profissional desde 2015 e, neste período, acumulou um cartel de 23 vitórias, oito derrotas e um ‘no contest’ (sem resultado). Pelo UFC, onde estreou em 2018, foram 16 lutas disputadas e um recorde alcançado, ao conquistar cinco vitórias em 2020, maior número de triunfos em um mesmo ano por um atleta da organização na história, empatado com Roger Huerta e Neil Magny.

Em sua mais recente apresentação, ‘Trailblazer’ foi finalizado por Khamzat Chimaev, no UFC 279, no dia 10 de setembro. O americano, originalmente, enfrentaria Daniel Rodriguez, mas acabou remanejado para o co-main event da noite, para encarar o russo, por conta de uma falha de ‘Borz’ na balança, o que gerou mudanças de última hora por parte do Ultimate no card do show. Para aceitar a troca de oponentes, especula-se que a organização precisou oferecer uma maior compensação financeira aos atletas envolvidos, incluindo Holland.

Mais em Notícias