Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Joanna Jedrzejczyk cogita volta da aposentadoria para “última dança” no UFC

Cinco meses depois de anunciar sua aposentadoria do MMA, Joanna Jedrzejczyk, ao que tudo indica, não está mais tão convicta de sua decisão. Em Nova York (EUA), onde vai acompanhar o UFC 281 no sábado (12), a polonesa admitiu, em conversa com a imprensa, que tem considerado a ideia de calçar novamente as luvas para fazer uma luta de despedida mais bem elaborada.

A ex-campeã peso-palha (52 kg) do Ultimate, de 35 anos, colocou um ponto final em sua carreira em junho, após ser nocauteada por Zhang Weili, em duelo que marcava seu retorno depois de um hiato de dois anos longe dos octógonos. No entanto, a forma abrupta, e até certo ponto inesperada, com que anunciou sua aposentadoria tem feito com que Joanna cogite voltar para mais um combate que a permita se despedir dos fãs com mais calma.

“Às vezes eu sinto que eu deveria fazer mais uma luta, que eu deveria dar uma última dança aos fãs porque nós não tivemos tempo. Eu não estava preparada e eles não estavam preparados para dizer adeus”, afirmou Jedrzejczyk.

Depois de uma carreira de destaque no muay thai e no kickboxing, Joanna Jedrzejczyk migrou para o MMA e também foi bem-sucedida, especialmente em sua trajetória no UFC. Na organização, a polonesa se sagrou campeã peso-palha e colecionou recordes, entre eles o de maior número de defesas de título na história da categoria, que perdura até hoje.

Mais em Notícias