Siga-nos

Notícias

Gaethje mantém postura positiva após cancelamento do UFC 249

Justin Gaethje foi do céu ao inferno nos últimos dias. Escalado de última hora para substituir Khabib Nurmagomedov e encarar Tony Ferguson, pelo cinturão interino peso-leve (70 kg), na luta principal do UFC 249, o americano viu o evento, inicialmente marcado para o dia 18 de abril, ser cancelado por pressão externa contrária à realização do show durante a pandemia do novo coronavírus. Apesar de tudo, o lutador optou por manter uma postura positiva diante dos acontecimentos.

Em publicação divulgada em sua conta oficial no ‘Instagram’ (veja abaixo ou clique aqui), Gaethje demonstrou gratidão pelo apoio recebido e evitou lamentar o cancelamento do evento que o colocaria pela primeira vez em uma disputa de título no Ultimate. ‘The Highlight’, como é conhecido, prometeu continuar seu trabalho duro a fim de estar preparado para quando tudo voltar ao normal e agradeceu ao chefe, Dana White, por conduzir de forma satisfatória as negociações referentes ao UFC 249.

“Eu realmente senti uma onda de energia e apoio enquanto essa luta estava se construindo por parte de muitas pessoas ao redor do mundo, isso me trouxe muita humildade. Eu sou grato por representar Safford (Arizona), e meus grandes amigos e família. Vou trabalhar duro para estar pronto na próxima vez que a oportunidade aparecer. Vamos passar por essa batalha que todos estamos encarando agora e ter um impacto positivo em nosso entorno imediato (família, vizinhos, comunidade). Obrigado! O chefe Dana White é alguém que eu tenho orgulho em fazer negócios”, escreveu Justin Gaethje.

Com o campeão Khabib Nurmagomedov sem poder deixar a Rússia, em razão do fechamento de fronteiras adotado pelo governo local para combater a propagação da pandemia do COVID-19, Justin Gaethje foi o escolhido para substituí-lo no duelo principal do UFC 249, diante de Tony Ferguson. No entanto, o entusiasmo por poder disputar o cinturão interino dos leves durou poucos dias. Após ser pressionado por executivos do mais alto escalão da ESPN, parceira de transmissão do Ultimate, Dana White – presidente da entidade – optou por adiar o show do dia 18 de abril e todos os programados para a sequência indefinidamente.

Mais em Notícias