Siga-nos

Notícias

Frustrado por falta de lutas, Geoff Neal revela que voltou a trabalhar de garçom

Geoff Neal (à esq.) nocauteou Mike Perry no UFC 245 – Rigel Salazar/ PXImages

Imagine ir a uma churrascaria e ser servido por um lutador ranqueado do UFC. Apesar de ser um cenário improvável, isso pode acontecer caso você escolha comer no ‘Texas Steakhouse’, restaurante no qual Geoff Neal se viu obrigado a trabalhar para se sustentar enquanto aguarda por uma nova luta marcada na principal organização de MMA do mundo.

Em entrevista ao ‘TheScore’, o meio-médio (77 kg) – que não luta desde dezembro de 2019 – admitiu que precisou retornar ao seu antigo emprego de garçom no restaurante, que servia como sua atividade secundária até pouco tempo atrás. Irritado pela falta de compromisso agendado, Neal – atual 11º colocado no ranking da divisão – classificou sua situação como um purgatório e atacou rivais de categoria, que supostamente não estariam aceitando enfrentá-lo.

“Eu digo as pessoas que estou no purgatório na minha carreira. Estou ranqueado como nº 11, não estou no top 10 ainda. Não tenho muitos seguidores atrás de mim, então todo mundo que eu quero lutar não quer lutar comigo porque eu sou um grande risco. Sou alguém que nocauteia as pessoas, então eu sou perigoso para o valor deles. Eu entendo o porquê eles não querem aceitar lutar comigo. Mas isso é uma m***. Eu preciso ser pago, mas eu estou apenas sentado aqui, esperando. (…) Tenho tentado lutar com Michael Chiesa e Santiago Ponzinibbio. Não sei todos os detalhes, se ofereceram ou não um contrato a eles, mas eles sabem que eu quero lutar com eles. Mas os dois nunca respondem. Chiesa provavelmente está com medo”, reclamou Geoff Neal, antes de revelar que precisou retornar para seu antigo emprego.

“Na verdade, eu comecei a trabalhar novamente pouco antes do COVID, porque eu podia prever que eu iria ficar sentado no banco por um tempo, então eu precisava começar a fazer alguma coisa. Estou de volta ao trabalho, comecei a trabalhar (novamente) na quarta-feira. Eu estou indo para casa agora para me arrumar para o trabalho. Estou de volta ao Texas Steakhouse. Não conseguia mais trabalhar no Moxies (restaurante). O expediente até as duas ou três da manhã me matava. Eu estou trabalhando de garçom (no Texas Steakhouse) agora”, concluiu.

Oriundo do programa ‘Contender Series’, Geoff Neal estreou no UFC em fevereiro de 2018. Em sua curta e invicta jornada na principal organização de MMA do planeta, o meio-médio já conquistou cinco vitórias, tendo apenas uma chegado na decisão dos juízes. Atualmente, o americano ocupa a décima primeira posição no ranking da categoria até 77 kg do Ultimate.

Mais em Notícias