Siga-nos

Notícias

Empresário questiona possível duelo entre Amanda Nunes e Claressa Shields: “Esportes diferentes”

Claressa Shields demonstrou interesse em encarar Amanda Nunes – Diego Ribas

O interesse por combates entre estrelas do boxe e do MMA aparentemente atingiu o ápice nos últimos tempos. Com os rumores sobre esses potenciais duelos cada vez mais em voga, as especulações sobre um confronto entre as duas lutadoras mais dominantes de cada esporte aumentaram exponencialmente. Especialmente após Claressa Shields, pugilista multicampeã mundial e principal nome feminino da nobre arte, acompanhar in loco a última defesa de cinturão bem sucedida de Amanda Nunes no último dia 14, no UFC 245, e desafiar a campeã peso-galo (61 kg) e peso-pena (66 kg) do Ultimate.

Para convencer a brasileira, Shields – que já havia expressado seu interesse em enfrentá-la anteriormente – sugeriu que elas fizessem duas lutas, uma em cada modalidade, visando com isso condições iguais para ambas. E ainda que Amanda tenha aceitado parcialmente o desafio, ao convidar a americana para um duelo de MMA, o potencial encontro das duas estrelas pode nunca acontecer. Ao site ‘MMA Fighting’, Dan Lambert – empresário da baiana e dono da ‘American Top Team’ – afirmou que um combate entre Nunes e Claressa, independentemente do esporte, não faria sentido.

“São esportes diferentes. Só porque as pessoas levam socos em ambos não faz deles o mesmo esporte. Eu gosto do hype, das promoções. Gosto de construir grandes lutas, mas, realisticamente falando, como você vai pegar alguém que é a melhor em um esporte e pensar que outra pessoa pode vencê-la porque é a melhor do mundo em outro esporte?”, explicou Dan Lambert.

De acordo com o empresário, o fato de cada atleta se dedicar exclusivamente à sua modalidade durante praticamente toda a vida impossibilitaria um confronto minimamente equilibrado, seja ele disputado nas regras do boxe ou do MMA. No entanto, segundo Lambert, Amanda teria uma vantagem maior do que Claressa em seu esporte.

“Claressa provavelmente seria esmagada (em uma luta de MMA). Por que Floyd (Mayweather) não quis lutar com Conor (McGregor) no MMA? Eu dou a Claressa menos chances de derrotar Amanda no MMA do que eu dava para Conor vencer Floyd (no boxe). Não é o esporte dela. Você não pode passar a vida inteira treinando boxe sem sprawling, sem wrestling, sem grappling. Como você espera que alguém assim faça a transição (para o MMA)? Eu acho que você tem aquele golpe um em um milhão que pode entrar. Não sei”, declarou Dan Lambert, antes de comentar sobre a vantagem da americana sobre Amanda Nunes em um possível duelo na nobre arte.

“Claressa seria muito favorita em uma luta de boxe. Acho que Amanda é única em quão duro ela bate. Como uma lutadora feminina, eu acho que ela é como um unicórnio em relação a isso, então eu diria que a diferença entre as duas é muito menor se Amanda fosse desafiar uma pugilista do que se uma boxeadora desafiasse uma lutadora de MMA”, concluiu o empresário.

Com a vitória sobre Germaine de Randamie no último dia 14, pelo UFC 245, Amanda Nunes realizou sua quinta defesa bem sucedida do cinturão peso-galo da entidade. A brasileira também possui o título da divisão até 66 kg do Ultimate, conquistado em dezembro de 2018, ao nocautear a então campeã Cris ‘Cyborg’.

Mais em Notícias