Siga-nos
Jeff Bottari/Zuffa LLC

Notícias

É do Brasil! Carlos ‘Boi’ e Vanessa Melo vencem no card preliminar do UFC Fight Island 7

O Brasil iniciou bem sua trajetória no Ultimate na temporada 2021. No UFC Fight Island 7, evento realizado neste sábado (16), em Abu Dhabi (EAU), o país foi representado por Carlos ‘Boi’ e Vanessa Melo, que venceram Justin Tafa e Sarah Moras, respectivamente. O peso-pesado protagonizou uma virada eletrizante no octógono e levou a melhor por decisão dividida, enquanto que a peso-galo (66 kg) controlou as ações, em duelo com pouca emoção e foi premiada com uma decisão unânime.

O primeiro round entre os pesados teve bastante ação e muitos chutes foram vistos, principalmente por parte de Tafa. O australiano focou mais nos ‘low kicks‘ e marcou a perna do brasileiro. Por sua vez, ‘Boi’ retribuiu com chutes e diretos. O alvo do baiano era a linha de cintura do adversário. Ao final dos primeiros cinco minutos, Tafa acertou um bom chute baixo, que desequilibrou o brasileiro. No intervalo dos rounds, a equipe do baiano pediu para ele ser mais ativo no octógono e indicou que a primeira parcial foi perdida.

O segundo assalto se iniciou com Tafa acertando um bom chute na linha de cintura, mas ‘Boi’ respondeu com uma boa sequência. O brasileiro foi mais ativo, andou para a frente e encurralou o adversário algumas vezes na grade. Ao mesmo tempo, Herb Dean, árbitro do duelo, alertou o brasileiro para tomar cuidado com as dedadas. Após o aviso, ‘Boi’ acertou outra boa sequência de golpes, que abalou Tafa. No fim do assalto, os lutadores foram para o tudo ou nada e trocaram golpes de forma franca. Eufórico, ‘Boi’ vibrou com o bom momento.

No último round, ‘Boi’ e Tafa apostaram no boxe e seguiram trocando golpes. Enquanto Tafa desferia um, ‘Boi’ respondia com dois. De forma inteligente, o neozelandês levou o combate para a grade e prendeu a luta para recuperar o fôlego. Na sequência, o lutador tentou aplicar uma queda e voltou a conduzir o combate para a grade. Nos últimos segundos, os protagonistas voltaram a se atacar de forma frenética, mas ninguém caiu. Ao final de 15 minutos de um combate insano, os juízes deram a vitória para Carlos ‘Boi’ por decisão dividida, em um confronto que agradou os fãs presentes na ‘Ilha da Luta’.

Na segunda luta do evento, Vanessa Melo, venceu pela primeira vez no UFC em quatro combates disputados e não encontrou tanta dificuldade para superar Sarah Moras. É bem verdade que o duelo não apresentou tanta ação, mas Vanessa tomou iniciativa no octógono ao caminhar para a frente e procurou agredir a adversária, que evitava o choque e apenas circulava.

O segundo round foi basicamente o mesmo, com a brasileira sendo a agressora e acertando os melhores golpes ao apostar no boxe e, principalmente, com seus cruzados. Ao final, Moras lembrou que possui bom jiu-jitsu e tentou aplicar uma queda, a única durante os 15 minutos de combate, que logo foi ignorada por Vanessa. No terceiro e último assalto, já com o nariz sangrando, Moras repetiu a estratégia e até tentou ser mais ativa, porém lançou golpes no vazio e pouco fez para ameaçar Vanessa, que não correu riscos, seguiu em sua perseguição no cage e venceu o encontro com tranquilidade.

Carlos ‘Boi’, de 25 anos, é um dos lutadores revelados na nova safra do peso-pesado. O brasileiro estreou pelo UFC em julho de 2020, quando foi derrotado por Sergey Spivak, se recuperou ao superar Yorgan De Castro e emplacou a segunda vitória na organização diante de Justin Tafa. Em sua carreira, o baiano disputou 11 combates, venceu dez, sendo seis por nocaute, e perdeu apenas uma vez.

Com a importante vitória, Vanessa Melo, de 32 anos, afastou o risco de ser cortada do UFC. Anteriormente, a brasileira foi derrotada três vezes e precisava vencer para permanecer na maior organização de MMA do mundo. Agora, a ‘Miss Simpatia’ possui 11 vitórias e oito derrotas em sua trajetória no MMA. O principal nome que Vanessa superou foi Molly McCann, mas, sem dúvida, seu triunfo mais importante até o momento foi o atual, por todo drama de sua situação.

Acompanhe os resultados do UFC Fight Island 7:

Carlos Felipe ‘Boi’ venceu Justin Tafa por decisão dividida;
Ramazan Emeev venceu David Zawada por decisão dividida;
Vanessa Melo venceu Sarah Moras por decisão unânime;
Austin Lingo venceu Jacob Kilburn por decisão unânime.

Mais em Notícias