Siga-nos

Notícias

Douglas Lima sugere evento entre Bellator e UFC e afirma que venceria Usman

Douglas Lima conquistou o Grand Prix meio-médio (77 kg) do Bellator – Bellator/ Divulgação

No último sábado (26), Douglas Lima venceu a revanche contra Rory MacDonald, conquistou o Grand Prix meio-médio (77 kg) do Bellator, recuperou o cinturão da categoria e ainda levou para casa o prêmio de um milhão de dólares (cerca de R$ 4 milhões). Apesar de tantas coisas a seu favor, um ponto ainda incomoda o brasileiro: a falta de reconhecimento dos lutadores fora do UFC por parte dos fãs casuais do esporte.

Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Lima citou as recentes co-produções do Bellator com o Rizin para sugerir um evento nos mesmos moldes entre sua organização e o UFC. O show, para ele, serviria para provar o valor dos atletas que não fazem parte do plantel do Ultimate. Questionado sobre um possível duelo entre os campeões do peso-meio-médio das duas entidades, o brasileiro foi incisivo ao afirmar que venceria Kamaru Usman, detentor do título na promoção rival.

“Eu sei que os fãs verdadeiros de MMA reconhecem, eles sabem que eu estou no topo com os outros caras. Eles sabem que eu posso lutar e vencer qualquer um. Mas a maioria (dos fãs casuais) é tipo: ‘Cara, você não está no UFC, você é um ninguém’. Eu odeio isso. São pessoas que não entendem o esporte. Não é o nome UFC, Bellator ou One FC. Existem matadores em todos os lugares, e eu tenho lutado e vencido todos eles. Sou campeão mundial três vezes, mas eles ainda não acreditam em mim. Agora que Scott Coker (presidente do Bellator) tem feito co-promoções, ele está fazendo isso com o Rizin, eu adoraria se fizéssemos com o UFC”, sugeriu Douglas, antes de comentar sobre uma possível disputa contra Kamaru Usman, campeão meio-médio do Ultimate.

“Eu o venceria. Provavelmente o nocautearia. Ele é um grande wrestler, com certeza, mas se eu conectar (um golpe) em algum momento da luta, eu posso matá-lo. (Mas) Eu nem penso sobre isso, eu apenas sei que posso vencê-lo. Eu posso vencer qualquer um nessa categoria de peso. Eu não estou falando mal do cara. Ele é um campeão lá. Mas eu apenas sei. Se algum dia algo assim acontecer, eu definitivamente acredito que eu vou lá e arrebentar”, finalizou o brasileiro.

Com o triunfo do último sábado, Douglas Lima conquistou o cinturão meio-médio do Bellator pela terceira vez em sua carreira, além de garantir seu terceiro título do Grand Prix até 77 kg da organização. Aos 31 anos, o brasileiro acumula 32 vitórias e sete derrotas em seu cartel profissional.

Mais em Notícias