Siga-nos
Scott Garfitt/PxImages

Notícias

Do Bronx afasta rumores e descarta atuar no UFC Rio: “Preciso de descanso”

Menos de 15 dias depois de ser derrotado por Islam Makhachev no UFC 280, em Abu Dhabi (EAU), e ter perdido a oportunidade de reconquistar o cinturão peso-leve (70 kg) da organização, Charles ‘Do Bronx’ precisou vir a público para esclarecer que não pretende retornar ao octógono tão cedo. Na verdade, o paulista tem planos de se afastar das competições por um tempo para descansar antes de voltar à ação.

Nos últimos dias, um rumor ganhou força na internet, sugerindo que o Ultimate teria interesse em escalar Do Bronx para uma luta contra Rafael Fiziev no card do UFC Rio, agendado para o dia 21 de janeiro. Em seu perfil oficial no ‘Twitter’ (veja abaixo ou clique aqui), o atleta da ‘Chute Boxe São Paulo’ negou a informação e descartou a possibilidade de competir no evento que marcará o retorno do UFC ao Brasil.

“Não vai acontecer. Preciso de descanso. Obrigado, pessoal”, escreveu Charles.


O rumor também foi refutado pelo treinador do ex-campeão do UFC. Em um comentário publicado no ‘Instagram’ da Ag Fight (veja abaixo ou clique aqui), Diego Lima afirmou que ainda não há conversas com o Ultimate sobre o próximo compromisso de Charles no octógono e reiterou que seu pupilo vai aproveitar o tempo livre para descansar da dura rotina de trabalho a qual foi submetido nos últimos tempos. Apesar disso, o líder da ‘Chute Boxe São Paulo’ indicou que Do Bronx deve voltar a lutar ainda nos primeiros seis meses de 2023.

“Esta luta nunca foi negociada. O Charles lutou com todos os top 5 em um ano, acredito eu que deve ter sido o único a fazer isso. Ele vai descansar e voltar ainda no primeiro semestre, mas ainda não tem nada conversado. Obrigado a todos que torcem de verdade”, explicou Diego Lima.

Nos últimos dois anos, Charles Oliveira subiu no octógono do UFC em cinco oportunidades, todas contra adversários que na época do combate ocupavam uma vaga no top 5 da divisão dos leves. Neste período, Do Bronx venceu Tony Ferguson, Michael Chandler, Dustin Poirier e Justin Gaethje, e foi derrotado por Islam Makhachev, em outubro.

Reprodução/Instagram

Mais em Notícias