Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Dirigente aconselha Ngannou a assinar com Bellator para receber oportunidade no boxe

Não é segredo que Francis Ngannou, agora livre no mercado, é o mais cobiçado ‘free agent’ do MMA e, possivelmente, dos esportes de combate. No início da temporada 2023, o camaronês, que realizou a última luta em seu contrato com o UFC, em janeiro de 2022, na Califórnia (EUA), não chegou a um acordo com a companhia e a deixou, mesmo sendo o campeão do peso-pesado. Agora, ‘The Predator’ passa a ter seu nome especulado nas principais empresas da modalidade e Stephen Espinoza, presidente da ‘Showtime Sports’, sugere uma casa como a ideal para contar com seus serviços.

Em entrevista ao site ‘Insider’, o dirigente revelou que o Bellator é uma das organizações interessadas na contratação de Ngannou e aconselhou o lutador a se juntar ao time. Vale destacar que a ‘Showtime’ transmite os eventos de MMA da companhia. Quando estava no UFC, o camaronês nunca escondeu sua insatisfação e, constantemente, expressou o desejo de receber uma maior remuneração e a autorização para também competir no boxe, algo que não foi possível. Sendo assim, Espinoza ressalta que a empresa de Scott Coker é a ideal para abrigar ‘The Predator, já que, ao contrário do Ultimate, possui um modelo de negociação mais aberto, permitindo que seus atletas possam realizar lutas em outros esportes, ao mesmo tempo que permanecem nas artes marciais mistas.

“Não há mais ninguém no mundo que possa dar para Ngannou as oportunidades no boxe e no MMA no nível que o Bellator e a Showtime podem oferecer. A Showtime e o Bellator podem dar para ele a melhor flexibilidade, a maior oportunidade financeira, ao mesmo tempo em que permite que ele desenvolva todos os elementos de sua carreira simultaneamente. Muito disso não é sobre Ngannou ou sobre uma luta em particular. É sobre o precedente e a mensagem que é enviada para todos no UFC e para futuros acordos no UFC. O que Ngannou tentou fazer era quebrar o molde e ele teve influência para ao menos ter uma conversa. Mas o UFC sentiu que tinha muito mais em jogo. Eles têm um modelo de negócios específico e Ngannou não era fã. O UFC tem uma estrutura de negócios que não vai colocar em risco nem por alguém como Ngannou. Sem dúvida, quem ficar com Ngannou receberá um grande impulso. Não há uma companhia que não gostaria de ligar e tentar fazer negócios com ele”, declarou o cartola.

Francis Ngannou, de 36 anos, estreou pelo UFC em 2015, venceu grandes nomes e se tornou um dos lutadores mais assustadores do MMA. Pela companhia, o campeão do peso-pesado nocauteou Alistair Overeem, Andrei Arlovski, Cain Velasquez, Curtis Blaydes (duas vezes), Jairzinho Rozenstruik, Júnior ‘Cigano’ e Stipe Miocic, além de superar Ciryl Gane por pontos em sua primeira e única defesa de título. O sucesso de ‘The Predator’ é tanto, que o mesmo já é apontado por parte dos fãs e da imprensa especializada como um dos principais atletas da história da categoria por conta de seu porte físico e poder. Agora, fora da organização, o camaronês pode realizar sua tão sonhada luta de boxe.

Mais em Notícias