Siga-nos

Notícias

Dana inclui Wanderlei Silva em lista de melhores lutadores sem título do UFC

Wanderlei Silva foi campeão peso-médio do Pride – Erik Engelhart

Inúmeros lutadores de enorme talento passaram pelo UFC sem conseguir coroar suas carreiras com um título da principal organização de MMA do planeta. Seja por falta de oportunidade, de sorte, ou por ter esbarrado com campeões hegemônicos no mesmo período em que competiam, muitos atletas finalizam suas trajetórias sem sentir o sabor do ouro de suas respectivas categorias.

Em sessão de ‘perguntas e respostas’ no ‘Reddit’, Dana White foi questionado justamente sobre quem seriam os melhores lutadores que nunca conseguiram conquistar um cinturão do Ultimate. Além de citar nomes marcados por suas derrotas nos momentos de decisão – como Urijah Faber, Joseph Benavidez, Donald Cerrone e Carlos Condit -, o presidente do UFC incluiu o brasileiro Wanderlei Silva na lista.

Uma das principais estrelas da época de ouro do Pride, Wanderlei acumulou glórias em sua longa trajetória na entidade japonesa, como o cinturão peso-médio e a conquista do Grand Prix da mesma categoria. Com status de lenda, o ‘Cachorro Louco’ retornou ao UFC em 2007 – onde havia competido três vezes no início de sua carreira -, mas nunca conseguiu repetir os feitos de sua passagem pela Ásia, acumulando mais derrotas do que vitórias. Independentemente dos resultados negativos, o curitibano manteve seu estilo de luta agressivo e agradável ao grande público, fato que não o deixou perder a admiração dos fãs, e ao que parece, do ex-chefe.

“Cowboy Cerrone, Urijah Faber, Wanderlei Silva, Joseph Benavidez, Carlos Condit… a lista é longa”, respondeu Dana.

Nos mais de 20 anos dedicados ao MMA, Wanderlei Silva somou 35 vitórias, 14 derrotas, um empate e um ‘no contest’ (luta sem resultado). Sua única oportunidade de conquistar um cinturão do UFC veio em abril de 2000, quando foi superado por Tito Ortiz e perdeu a oportunidade de se tornar campeão dos meio-pesados (93 kg), em um combate isolado pela entidade, realizado no Japão.

Mais em Notícias