Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Notícias

Cormier condena ataque de McGregor ao falecido pai de Khabib: “Precisa de ajuda”

Após sua participação no UFC 264, evento realizado em julho, em Las Vegas (EUA), Conor McGregor continua dominando os noticiários, mas não de forma positiva. Derrotado pela segunda vez por Dustin Poirier, ‘Notorious’ atacou o rival, sua esposa e, agora, voltou sua carga contra Khabib Nurmagomedov. Recentemente, o astro irlandês provocou o desafeto ao lembrar da morte de seu pai e tal postura não foi bem vista por parte da comunidade do MMA. Daniel Cormier, amigo do russo, comentou a respeito.

Ao participar do programa ‘DC & RC’ na ‘ESPN’ americana, Cormier, ex-campeão do UFC e atual comentarista, reprovou o comportamento e as decisões de McGregor. De acordo com o veterano, o ex-número um do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) da organização está passando de todos os limites ao abordar assuntos proibidos em seu ‘trash talk’.

Recentemente, McGregor insinuou que a esposa de Poirier estaria interessada nele e, depois do novo revés para o rival na trilogia, ameaçou matar o casal. Agora, o irlandês lembrou que Khabib classificou sua derrota para ‘The Diamond’ como o bem vencendo o mal e questionou se isso também vale para a morte de Abdulmanap Nurmagomedov, que perdeu a batalha para a COVID-19. Visivelmente contrariado com as ações de ‘Notorious’, Cormier indicou que o mesmo precisa de ajuda para ser uma pessoa melhor.

“Depois da luta com Poirier, muitas pessoas questionaram se McGregor estava ou não tentando entrar na cabeça de Poirier, voltar a uma época em que ele tinha um ‘trash talk’ que poderia afetar as pessoas. Não pareceu funcionar contra Poirier. Sinto que falar sobre a esposa de Poirier, agora sobre o pai de Khabib, ele está indo longe demais. Quando você está lidando com a morte, COVID e outras coisas com as quais lidamos no último ano e meio, tudo isso está fora dos limites. Nós falamos que esposas e famílias são temas proibidos, mas você está falando sobre o mais importante para um homem. O pai de Khabib era tudo para ele e você está falando sobre ele ter partido devido a algo que terrível para todos. Você usa isso de certa forma para se levantar?”, declarou ‘DC’, antes de completar.

“Sabe o que é mais perturbador? Isso não foi feito um dia após a luta ou na mesma noite da lut. Isso foi feito semanas depois da luta, então parece que foi pensado por McGregor para twittar algo assim. Isso foi longe demais, a ponto de, imediatamente, ligar para Khabib na noite passada e perguntar se ele está bem. Quando McGregor faz coisas assim, é difícil entender como existe essa quantidade em massa de pessoas que apoiam esse tipo de comportamento. Acho que quando coisas assim estão sendo ditas, é um pedido de ajuda. McGregor tem todo o dinheiro do mundo, toda fama, mas agora quando você começa a cavar um buraco desse nível, é como se alguém precisasse ajudá-lo a começar a mudar sua mente, seu foco e levá-lo de volta para um lugar melhor. É lamentável”, concluiu.

O duelo entre Conor McGregor e Khabib Nurmagomedov aconteceu em 2018 e o clima para a batalha foi bélico. No pré-luta, o irlandês atacou Khabib, sua família, país e religião e, durante o confronto, o russo provocou McGregor enquanto desferia seus golpes. Após a vitória do então campeão do peso-leve do UFC por finalização no quarto round, o octógono foi palco de uma briga generalizada entre membros das equipes.

Desde então, o irlandês sempre demonstrou interesse em uma revanche contra o desafeto, mas Khabib nunca cedeu, justificando sua vitória no primeiro encontro como suficiente para provar sua superioridade sobre o rival. Com a aposentadoria do russo, a aguardada revanche, ao que tudo indica, ficará no imaginário dos fãs.

Mais em Notícias