Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Notícias

Sean Strickland revela treinos com Chimaev e destaca: “Tivemos boas guerras”

Atual número 11 do ranking do peso-médio (84 kg), Sean Strickland vai ter a oportunidade de subir mais posições na classificação. Neste sábado (31), o lutador enfrenta Uriah Hall, que ocupa a nona colocação na listagem, no duelo principal do UFC Vegas 33. E para este combate, o americano contou com uma ajuda de peso.

Em entrevista ao canal do ‘Youtube’ ‘James Lynch’, Strickland revelou que fez uma parte do seu camp com Khamzat Chimaev, sensação do Ultimate que recentemente se recuperou da COVID-19 e voltou às atividades. Depois dessa experiência com o europeu, o americano não poupou elogios a maneira de trabalhar do colega de Ultimate.

“Ele esteve na cidade (Las Vegas) por algumas semanas. Foi divertido. Tivemos boas guerras. Ele se encaixa perfeitamente para mim no que diz respeito a parceiro de treinos. Não para, treina duro. Se você está lutando contra ele, ele é capaz de ir até a morte. Você não pode dizer: ‘Vou te escolher e te vencer’. Você tem que entrar lá e pensar: ‘Um de nós dois vai morrer’. Se não tiver essa mentalidade, ele vai acabar com você”, disse.

No MMA profissional desde 2008, Sean Strickland possui 23 vitórias e apenas três derrotas em seu cartel na modalidade. Os reveses do americano aconteceram justamente quando ele se integrou ao UFC, em 2014, sendo superado por Santiago Ponzinibbio, Kamaru Usman e Elizeu ‘Capoeira’, todas na divisão dos meio-médios (77 kg). Atualmente, o lutador acumula quatro triunfos seguidos, sendo o último deles sobre Krzysztof Jotko, em maio deste ano, por decisão unânime dos jurados.

Mais em Notícias