Siga-nos

Notícias

Corey Anderson comemora vitória de Jon Jones: “Posso ser o cara a destroná-lo”

Corey Anderson mira uma disputa de cinturão do UFC – Jason Silva/PXImages

Um dos principais concorrentes ao cinturão meio-pesado (93 kg) do Ultimate, Corey Anderson pareceu satisfeito com o triunfo do campeão Jon Jones sobre Dominick Reyes na luta principal do UFC 247, realizado no último sábado (8). No entanto, o americano está longe de ser um fã de ‘Bones’. Na verdade, sua torcida pela vitória do rival se baseava em um objetivo claro em sua mente: ser o primeiro a destronar uma das maiores lendas do esporte.

Atual quinto colocado no ranking dos meio-pesados, Corey encara Jan Blachowicz neste sábado (15) em busca da vitória que pode lhe garantir uma chance de desafiar o campeão. Em entrevista ao site ‘TMZ Sports’, Anderson admitiu que se preocupou com a possibilidade de Dominick Reyes derrotar ‘Bones’, já que, assim, uma revanche imediata entre eles seria inevitável, e atrasaria a chegada de seu sonhado ‘title shot’.

“Enquanto eu estava assistindo, eu estava tipo: ‘Cara, eu posso perder a oportunidade de ser o cara a vencer Jon’. No final, eu estou feliz que Jon conseguiu a vitória porque eu posso ser o cara a destroná-lo. Eu sabia que se Dom (Reyes) tivesse vencido, eles fariam a revanche (imediata). E eu teria que esperar por isso”, explicou o Corey Anderson.

A confiança demonstrada por Anderson de que pode derrotar Jon Jones aumentou após o confronto do campeão contra Reyes. De acordo com o americano, a dificuldade imposta pelo desafiante confirmou suas suspeitas de que existem brechas no jogo de ‘Bones’ a serem exploradas visando o título da divisão.

“Como eu disse, quando eu estava assistindo o que estava acontecendo, meu pensamento era: ‘Sim, eu sabia que ele não era imbatível’. Eu era o único que sempre disse: ‘Eu sei que posso vencer Jon’. Eu sei jeitos de vencê-lo, vejo brechas, eu vejo o que você tem que fazer para superá-lo, e Dom foi lá e fez muito disso”, concluiu o meio-pesado.

Em 28 combates no MMA profissional, Jon Jones foi derrotado apenas uma vez. Seu único revés veio em dezembro de 2009, quando ‘Bones’ foi desqualificado após aplicar um golpe ilegal em Matt Hamill. Já Corey Anderson vem de quatro triunfos consecutivos no Ultimate. Caso queira pleitear uma disputa de cinturão, o americano precisa superar Jan Blachowicz, atual sexto colocado no ranking da categoria, na luta principal do UFC Rio Rancho, que será realizado neste sábado.

Mais em Notícias