Siga-nos
Alejandro Salazar/PxImages

Notícias

‘Canelo’ ameaça Messi por suposto desrespeito após jogo entre México e Argentina na Copa do Mundo

O mundo dos esportes de combate e do futebol se entrelaçaram no último domingo (27). Mas não de uma maneira amistosa. Um dos boxeadores mais consagrados da atualidade, Saúl Álvarez criticou veementemente a postura do astro da bola, Lionel Messi, após sua recente partida disputada na Copa do Mundo do Catar. A polêmica gira em torno de um possível desrespeito do argentino, ao, no vestiário, pisar no uniforme da seleção mexicana.

O momento foi captado após o triunfo da Argentina por 2 a 0 sobre o México, no qual Messi abriu o caminho para o resultado ao anotar o primeiro gol da partida. Depois do confronto, os ‘hermanos’, celebraram a vitória e a sobrevida ganha na Copa do Mundo, mas um detalhe não passou despercebido por ‘Canelo’, que compartilhou sua indignação nas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui). Durante a comemoração, o camisa 10 pisou na camisa mexicana, o que, para o pugilista, foi um claro sinal de desrespeito com um símbolo nacional de seu país.

A camisa do México provavelmente estava próximo de Messi por conta da já tradicional troca de uniformes realizada entre os jogadores rivais após jogos de futebol. Mas, o que na teoria é um sinal de respeito entre atletas, acabou ganhando contornos opostos. Em determinado momento, ao tentar tirar a chuteira, o astro argentino realiza um movimento que se assemelha a um chute, justamente na camisa da seleção mexicana (clique aqui).

“Viram o Messi limpando o chão com a nossa camisa e bandeira? Que ele peça a Deus para que não me encontre. Assim como respeito a Argentina, ele tem que respeitar o México. Não falo de país (Argentina), falo do Messi, pela cagada que fez. Uma coisa é eles serem melhores que a gente (no futebol), outra é respeito”, disparou o pugilista.

Desde que se posicionou sobre o tema polêmico, não houve nenhum tipo de pronunciamento oficial de Messi ou da seleção da Argentina sobre o ocorrido. Na mesma chave da fase de grupos da Copa do Mundo, Argentina e México ainda possuem chances de avançar ao mata-mata. Os hermanos ocupam a segunda posição do Grupo C, com três pontos, enquanto os mexicanos, com apenas um, se encontram na lanterna.

Mais em Notícias