Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Notícias

Alistair Overeem testa positivo para substância proibida após reestreia no kickboxing, diz site

No último mês, Alistair Overeem realizou seu retorno ao kickboxing, modalidade que o projetou para o mundo, diante de Badr Hari, no ‘GLORY Collision 4’, sediado na Holanda. Mas sua volta triunfal aos ringues foi recentemente atrelada a uma polêmica. De acordo com o site holandês ‘De Telegraaf’, o ex-lutador do UFC testou positivo para uma substância proibida após ser examinado depois do duelo.

Na ocasião, Overeem venceu Badr Hari por decisão unânime dos juízes na trilogia entre os dois e desempatou o histórico com o rival. Ainda segundo o portal holandês, a equipe de Overeem ressaltou que a substância encontrada na amostra, ainda não divulgada, não é utilizada para aumento de performance.

A defesa do veterano aguarda ainda o resultado de uma segunda amostra, que pode vir a confirmar ou refutar o teste positivo inicial do atleta. Enquanto o resultado do segundo exame não é divulgado, ainda não se sabe se Overeem sofrerá algum tipo de gancho por ter feito uso de uma substância proibida.

Aos 42 anos, a expectativa era de que o peso-pesado medisse forças em seguida contra o campeão do Glory, Rico Verhoeven. No entanto, o mais recente possível caso de doping coloca em risco o duelo, assim como a continuidade da carreira do lutador holandês.

Mais em Notícias