Siga-nos
Divulgação/PFL

Eventos internacionais

Pettis admite “desleixo” em estreia no PFL e promete volta por cima contra brasileiro

Contratado para ser uma das grandes estrelas do PFL, Anthony Pettis decepcionou na estreia. Em sua primeira aparição pela organização, realizada em abril, em ‘New Jersey’ (EUA), o ex-campeão do peso-leve (70 kg) do UFC foi surpreendido por Clay Collard e se complicou no GP da categoria. Agora, ‘Showtime’ encara o brasileiro Raush Manfio nesta sexta-feira (25), no mesmo local, e precisa vencer, de preferência pela via rápida, para avançar no torneio.

Em entrevista ao canal do ‘YouTube’ ‘Combat Culture’, Pettis lamentou a derrota sofrida diante de Collard e se mostrou incomodado. ‘Showtime’ admitiu que não atuou com a seriedade necessária e que tal postura foi determinante para o revés. Vale lembrar que, na ocasião, o ex-campeão do UFC foi apontado como favorito pelas casas de apostas.

Agora, o americano se encontra sem pontos no GP do peso-leve do PFL, mas, ao que parece, está disposto a apagar a má impressão deixada em sua estreia. Tanto que Pettis prometeu voltar a ser o atleta que encantou a comunidade do MMA em seu auge, diante de Manfio. A luta é uma espécie de eliminatória, já que o brasileiro está classificado entre os quatro melhores que avançam de fase e ‘Showtime’ se encontra distante da vaga.

“Quando olho para a performance, me julgo com base em quão presente eu estava. Não fiz nenhum ajuste. Aconteceu tão rápido, que parecia que eu não tinha tempo de fazer ajustes, movimentos, tomar as decisões certas para lutar contra um cara como Collard. Tentei forçar as coisas e pareci desleixado”, analisou Pettis, antes de completar.

“Isso me irritou. Sou muito bom para parecer tão desleixado. Ele queria vencer aquela luta. Agora, estou sem pressão. Tenho que atuar e ser eu novamente. Sei o que posso fazer e do que sou capaz. Estou me concentrando neste momento, tentando chegar aos playoffs. Tenho que acabar com a luta”, concluiu.

Anthony Pettis, de 34 anos, foi campeão das principais organizações de MMA que integrou e impressionou no peso-leve do WEC e, posteriormente, no UFC. ‘Showtime’ estreou no Ultimate em 2011 e sua última atuação pela companhia foi em 2020. Pela empresa, o americano realizou 20 lutas, venceu 11 e perdeu noves vezes. Seus principais triunfos no esporte foram diante de Ben Hendeson (duas vezes), Charles ‘Do Bronx’, Donald Cerrone (duas vezes), Michael Chiesa e Stephen Thompson.

Mais em Eventos internacionais