Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Entrevistas

Vettori discorda de pontuação em nova derrota para Adesanya, mas elogia desafeto

O UFC 263 não foi bom para Marvin Vettori. No evento realizado no último sábado (12), no Arizona (EUA), o italiano lutou pela segunda vez contra Israel Adesanya, agora, com o título do peso-médio (84 kg) em jogo, e acabou derrotado novamente pelo rival. No entanto, apesar de admitir que poderia ter atuado de forma melhor no octógono, o atleta discordou da pontuação marcada pelos juízes laterais.

Em entrevista ao site ‘BT Sport’, logo depois do enfrentamento, Vettori questionou o fato dos três juízes marcarem 50×45, ou seja, todos os rounds da luta para Adesanya. De acordo com o italiano, o resultado foi exagerado, uma vez que também desempenhou um bom papel no octógono.

Derrotado, o europeu reconheceu que o desafeto, de fato, é um atleta difícil de se lidar e se mostrou frustrado com o novo revés na revanche, já que prometeu algo para seus fãs e não conseguiu cumprir. Antes do combate, Vettori prometeu que seria o primeiro campeão italiano na história do UFC, porém tal sonho foi adiado.

“Fiz coisas boas. Eu estava tendo sucesso no boxe. A história dessa luta foi o chute na perna. Voltei, conversei com meus treinadores e acho que o 50-45, definitivamente, não foi a decisão certa. Tenho 27 anos. Vou trabalhar e me preparar para a próxima luta. Adesanya é escorregadio. Ele tem seu jogo, sua forma de ficar no chão. Ele faz o que faz e joga à sua maneira. Ele pode não ser ofensivo, mas, defensivamente, é muito bom”, declarou Vettori, antes de completar.

“Com isso dito, eu tinha todas as cartas para vencê-lo, mas não consegui. Eu disse que não deixaria dúvidas, mas, mesmo que tivesse vencido, teria deixado dúvidas. Não fiz o suficiente. Logo após a luta, pensei que tinha vencido e ele disse que não. No final das contas, respeito. Não gostamos um do outro, mas compartilhamos o octógono por oito rodadas, por 40 minutos basicamente. Você tem que dar algum mérito”, concluiu.

Realizado em 2018, o duelo entre Israel Adesanya e Marvin Vettori correspondeu a segunda luta do nigeriano no UFC e a quinta aparição do italiano pela companhia. Na ocasião, ‘The Last Stylebender’ sofreu, mas superou ‘The Italian Dream’ por decisão dividida. O europeu foi o único lutador que levou o campeão do peso-médio a vencer dessa forma e o resultado gerou discussão na comunidade do MMA

A primeira luta entre Israel Adesanya e Marvin Vettori aconteceu em 2018. Na ocasião, ‘The Last Stylebender’ sofreu, mas superou ‘The Italian Dream’ por decisão dividida. Inclusive, o europeu foi o único lutador que levou o nigeriano a vencer dessa forma e o resultado gerou discussão na comunidade do MMA.

Como Vettori não aceitou o resultado, a revanche contra Adesanya virou questão de honra. Já no segundo encontro, o campeão do peso-médio do UFC defendeu o cinturão pela terceira vez ao passar pelo desafiante por decisão unânime.

Mais em Entrevistas