Siga-nos

Entrevistas

Sem lutar desde 2019, veterana do MMA promete justificar aposta feita pelo Bellator

Cris ‘Cyborg’ não é a única lutadora que desbravou o MMA feminino. Vanessa Porto também possui importância na popularização do esporte entre as mulheres e, depois de muito tempo, a trajetória da atleta foi reconhecida. Aos 37 anos, a veterana vai estrear pelo Bellator, no evento do dia 9 de abril, em Connecticut (EUA), diante da também experiente Liz Carmouche, e a brasileira está animada por atuar em uma organização importante.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (veja acima ou clique aqui), Vanessa reconheceu que Carmouche é uma adversária perigosa, mas, ao mesmo tempo, abraçou o desafio. O encontro entre as atletas é importante para o peso-mosca (57 kg) e pode colocar a vencedora na rota do cinturão.

No entanto, a paulista evitou projetar um possível embate contra Juliana Velasquez, campeã da categoria. De acordo com Vanessa, seu objetivo é se acostumar com a nova casa e não apressar os passos em busca do título. Apesar da cautela para o duelo contra Carmouche, a brasileira tem em seu currículo a conquista do título do peso-mosca do Invicta FC, o que comprova sua qualidade.

“Estou muito feliz. Será uma boa luta. A Carmouche é uma grande atleta, uma grande lutadora e estou feliz pela oportunidade de integrar o Bellator. A expectativa é muito grande. Trabalho o muay thai, o boxe e ela é wrestler, gosta de agarrar e botar para baixo. Na hora, pode mudar tudo, mas estou treinando forte. Quero me ambientar no Bellator, que é uma experiência nova. Estou feliz e, depois dessa luta, veremos o que acontece. Vai fazer um ano e meio que não luto, mas vou mostrar o melhor de mim”, declarou Vanessa.

Além do título do Invicta, Vanessa possui experiência e vem de quatro vitórias seguidas, além de não sentir o gosto amargo da derrota desde 2017. Contudo, mesmo com bom retrospecto, a brasileira nunca integrou o plantel do UFC. Mas engana-se quem pensa que isso é um problema para a paulista. Pelo contrário, Vanessa elogiou o Bellator e comemorou o contrato de múltiplas lutas assinado com a entidade.

“O Bellator é um evento conhecido, grande, então com certeza o pessoal vai curtir, acompanhar. Queira ou não, os fãs gostam das lutas femininas. Penso que não era a minha hora. Agora, consegui esse contrato de quatro lutas com o Bellator e estou feliz. Minha vez chegou e estou aqui para fazer o meu trabalho”, concluiu.

Além do Invicta, Vanessa Porto também atuou pelo Jungle Fight. No Bellator, a brasileira terá a oportunidade de se firmar em uma das maiores organizações de MMA do mundo. A paulista iniciou sua trajetória no esporte em 2005, disputou 30 lutas, venceu 22 e perdeu oito. Ao longo de sua carreira, a atleta enfrentou nomes conhecidos dos fãs como Amanda Nunes, Cris ‘Cyborg’, Germaine de Randamie, Jennifer Maia e Roxanne Modafferi.

Mais em Entrevistas