Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

UFC

Após se tornar campeão, Ngannou posta mensagem motivacional e de gratidão

Francis Ngannou fez história no UFC 260. No evento que aconteceu no último sábado (27), em Las Vegas (EUA), o camaronês nocauteou Stipe Miocic e se tornou campeão do peso-pesado da companhia. Agora, ‘The Predator’ é o terceiro africano com título da organização e, para conquistar tal feito, fez questão de agradecer cada um que lhe ajudou em sua jornada ao topo da categoria.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Ngannou escreveu um texto emocionante. Nele, o camaronês lembrou das dificuldades que passou na África e quando chegou na França e indicou que sua conquista serve como inspiração para as pessoas nunca desistirem de seus sonhos. Vale lembrar que, antes de chegar ao UFC, ‘The Predator’ sobreviveu em um continente em guerra, foi preso e morou na rua.

Protagonista de uma jornada impensável, Ngannou não deixou o sucesso subir à sua cabeça. O campeão do peso-pesado do UFC fez diversos agradecimentos e, entre eles, se destacam os para Miocic e Kamaru Usman. O primeiro o derrotou no passado, porém foi a partir desse revés que ‘The Predator’ evoluiu no MMA. Já o nigeriano possui uma relação de longa data com o camaronês, ajudou o amigo nos treinamentos e esteve em seu corner na luta mais importante de sua carreira.

“Aqui estamos como campeão. Finalmente, conquistei o cinturão e isso vai demorar um pouco. Isso é mais do que um cinturão. É um símbolo de esperança, dedicação e mostra o quão longe você pode ir se acreditar em você, não importa o quão atrás você esteja, não importa quantos obstáculos você encontre ao longo do caminho (acredite em mim, eles podem ser incontáveis). Você pode superá-los e alcançar seu objetivo, porque o único limite que você tem é você e nada mais”, escreveu Ngannou, antes de completar.

“Quero agradecer aos fãs e a minha família de todo o coração por me ajudarem a realizar este sonho, mesmo quando me sinto exausto e cansado. Estamos todos juntos e não há como escapar. Obrigado a Miocic, meu oponente, por ser um grande campeão. Foi e sempre será uma honra compartilhar o octógono com você. Obrigado aos meus treinadores pelo trabalho duro e sacrifício. Obrigado ao meu time e a todos os meus companheiros. E por último, mas não menos importante, mais um obrigado ao meu irmão Usman”, concluiu.

Francis Ngannou, de 33 anos, se vingou de Stipe Miocic e deu o troco no rival de forma violenta. O camaronês estreou pelo UFC em 2015 já venceu grandes nomes do MMA. Além de Miocic, ‘The Predator’ nocauteou Alistair Overeem, Andrei Arlovski, Cain Velasquez, Curtis Blaydes (duas vezes), Jairzinho Rozenstruik e Júnior ‘Cigano’. Inclusive, o campeão do peso-pesado já é apontado por parte dos fãs e da imprensa especializada como um dos grandes nomes da história da categoria por conta de seu porte físico e poder.

Mais em UFC