Siga-nos
DIvulgação/UFC

Entrevistas

O’Malley elogia garra de ‘Thominhas’ e admite que último golpe foi desnecessário

Sean O’Malley aproveitou a grandiosidade do UFC 260 para se recuperar e voltar a ter destaque. No evento realizado no último sábado (27), em Las Vegas (EUA), a promessa do peso-galo (61 kg) se reencontrou com as vitórias ao nocautear Thomas Almeida no terceiro round. Mesmo com o show no octógono, que lhe rendeu um dos bônus de ‘performance da noite’, ‘Sugar’ surpreendeu e mostrou humildade.

Na coletiva de imprensa pós-UFC 260, O’Malley, conhecido por ser um lutador polêmico e se gabar por suas vitórias, elogiou a garra de ‘Thominhas’. No duelo, o americano foi soberano no octógono e quase nocauteou ainda no primeiro round, porém o brasileiro resistiu. Na última parcial, ‘Sugar’ não desperdiçou a chance de acabar com a luta e admitiu que o golpe que consolidou o triunfo foi desnecessário.

Com Thomas já abalado pela variedade de golpes que recebeu ao longo dos rounds, O’Malley foi para o ataque. O americano acertou um cruzado no brasileiro, que acusou o golpe e caiu. No chão, ‘Sugar’ aplicou apenas um soco certeiro no rosto do paulista, que apagou na hora. Mesmo com a vitória, a promessa do peso-galo se arrependeu, pois o oponente, de acordo com o próprio, já estava entregue.

“Thomas é duro, legítimo. O nocaute é um potencial viral. Foi bonito, mas o último golpe foi desnecessário. Olhei em seus olhos e ele não estava lá. Eu sou meu fã número um e acho que é por isso que melhoro tanto. Registro cada round de sparring e assisto. Quero lutar antes do final do ano. Não sei quando, nem contra quem. Só quero treinar e melhorar. Essa é a minha prioridade”, declarou ‘Sugar’.

Após vencer Thomas Almeida, Sean O’Malley voltou a se aproximar do top-15 do peso-galo do UFC. A promessa da categoria já figurou entre os 15 melhores da categoria, mas, como perdeu para Marlon Vera, saiu do ranking. Agora, recuperado, o americano, de 25 anos, busca uma nova sequência de sucesso na divisão. Revelado pelo reality ‘Contender Series’, ‘Sugar’ disputou 13 lutas na carreira, venceu 12, sendo oito por nocaute, e foi derrotado apenas uma vez.

Mais em Entrevistas