Siga-nos
DIvulgação/UFC

Entrevistas

Mais experiente e em busca de vingança, Ngannou promete destronar Miocic no UFC

Se existe um lutador que não se deve irritar, esse atleta é Francis Ngannou. Contudo, Stipe Miocic ignorou a ameaça africana e a dominou uma vez no octógono. Agora, a dupla vai se enfrentar novamente pelo título do peso-pesado no UFC 260, evento que acontece neste sábado (27), em Las Vegas (EUA), e o desafiante está pronto para dar o troco no campeão da categoria.

Na coletiva de imprensa pré-UFC 260, realizada na última quinta-feira (25), Ngannou relembrou do primeiro embate contra Miocic, em 2018, e condenou sua atuação. No entanto, o revés serviu como aprendizado para o camaronês, que indicou que o resultado foi crucial em seu processo de amadurecimento na carreira.

Na ocasião, ‘The Predator’ acertou um bom golpe em Miocic no primeiro round, mas, como o campeão resistiu ao ataque, não demorou para o combate se transformar em um monólogo. Após ser dominado no primeiro encontro, Ngannou garantiu que aprendeu a lição, evoluiu e se tornou outro lutador em sua busca por vingança.

“Não vou tirar o mérito do Miocic. Ele foi o melhor lutador naquela noite. Quando olho para aquela luta, odeio assistir, porque não me reconheço. Aquele cara se parecia comigo, mas não o reconheço. Cometi muitos erros. Eu nem mesmo estava lá, não tive emoção. Desta vez, será diferente. Tive bastante tempo e vai dar certo. Sempre quis ter essa luta pelo título contra Miocic. Quero me vingar e provar que sou o melhor”, analisou Ngannou, antes de completar.

“Há diferença em todos os aspectos. Antes daquela luta, estava pensando em como é lutar cinco rounds. Eu tinha muitas perguntas sem resposta, não tinha nenhuma experiência nisso. Havia uma parte de mim que não estava feliz, mas outra estava satisfeita pelo fato de que posso chegar lá. Me preparei melhor dessa vez e tenho experiência. Trabalhei a trocação, o wrestling e o jiu-jitsu”, concluiu.

Francis Ngannou, de 33 anos, está embalado para acertar as contas com Stipe Miocic. O camaronês possui vitórias sobre Cain Velasquez, Curtis Blaydes, Jairzinho Rozenstruik e Júnior ‘Cigano’, todas por nocaute no primeiro round, e o tempo total dos combates é inferior a cinco minutos no octógono. ‘The Predator’ estreou no MMA em 2013 e se tornou um dos grandes nomes do peso-pesado por conta de seu porte físico e poder. Atualmente, Ngannou se encontra na primeira posição no ranking da divisão e próximo de conquistar o título.

Mais em Entrevistas