Siga-nos
Louis Grasse/PxImages

Entrevistas

Israel Adesanya aconselha Vettori após vencer o rival pela segunda vez no UFC

Derrotado por Jan Blachowicz na superluta pelo título dos meio-pesados (93 kg) do UFC, em março, Israel Adesanya se reencontrou com as vitórias. Na edição de número 263, realizada no último sábado (12), no Arizona (EUA), o campeão do peso-médio (84 kg) defendeu o cinturão pela terceira vez ao controlar Marvin Vettori na revanche e encerrou a rivalidade. Mesmo assim, o nigeriano opinou a respeito do desafeto.

Na coletiva de imprensa pós-UFC 263, Adesanya comparou como ele e Vettori lidam com a derrota e reforçou sua superioridade ao aconselhar o rival. De acordo com o campeão do peso-médio da organização, o italiano só vai evoluir se aceitar as derrotas. Contudo, o nigeriano informou que o mesmo ficou surpreso ao saber que, mais uma vez, levou a pior na decisão dos juízes.

No primeiro duelo entre Adesanya e Vettori, realizado em 2018, o nigeriano venceu por decisão dividida. Na revanche, o campeão do peso-médio superou o rival novamente, dessa vez, por decisão unânime e vencendo todos os rounds. Confortável, ‘The Last Stylebender’ sinalizou que, ao contrário do desafeto, aprendeu com o revés para Blachowicz e revelou que espera que o italiano siga seus passos e adote uma postura mais humilde.

“Eu não sei o motivo, mas, no final da luta, eu queria que Vettori dissesse que eu venci a luta, mas ele não concordou. Você tem que acreditar em suas próprias besteiras, às vezes. Ele disse que eu acredito em meu próprio hype, mas, depois disso, quem está acreditando em seu próprio hype? Na minha última luta, algumas pessoas pensaram que ganhei, mas aceitei a derrota, aprendi e cresci. Se eu quisesse ter a mentalidade dele, eu continuaria atrás de Blachowicz e isso é estúpido”, declarou Adesanya, antes de completar.

“Não é assim que você cresce. Você cresce aprendendo com seus erros. Você se torna melhor com eles. As derrotas são uma parte da vida, as perdas o tornam melhor. Meu conselho para ele seria se olhar no espelho. Deixe as coisas se acalmarem. Olhe para si mesmo no espelho e diga que ‘Izzy’ é muito melhor. Ele vai ficar melhor com isso. Juro que, na próxima luta, ele vai melhorar. Você tem que aceitar”, concluiu.

No UFC desde 2018, Israel Adesanya venceu todos os seus compromissos no peso-médio. O nigeriano se tornou campeão da categoria em 2019 e superou nomes importantes do MMA como Anderson Silva, Derek Brunson, Kelvin Gastelum, Marvin Vettori (duas vezes), Paulo ‘Borrachinha’, Robert Whittaker e Yoel Romero.

Mais em Entrevistas