Siga-nos
exclusivo!
Gaspar Bruno

Entrevistas

DNA guerreiro! Irmãos, Gabriel e Ismael estreiam no UFC em card no Rio

Durante a juventude, é comum que irmãos brinquem, se provoquem e até briguem com certa frequência. No entanto, dentro da família Bonfim, os constantes desentendimentos e arranca-rabos protagonizados entre os jovens Ismael e Gabriel se tornariam, mesmo que indiretamente, na profissão dos dois. As artimanhas da infância deram início ao sonho de se tornarem lutadores profissionais. Neste sábado (21), após as batalhas travadas entre si dentro do lar, ambos estreiam no UFC, maior companhia de MMA do planeta.

Os irmãos, curiosamente, também garantiram seus respectivos contratos no Ultimate no mesmo dia. Em setembro de 2022, após se destacarem no programa ‘Contender Series’, Gabriel e Ismael reforçaram a vasta lista de irmãos que integraram o UFC no mesmo período, que conta com nomes como: Nick e Nate Diaz, Rogério ‘Minotouro’ e Rodrigo ‘Minotauro’ e Antonina e Valentina Shevchenko.

“A sensação é única (estrear no UFC junto do irmão), é um sonho que está se realizando, tanto meu quanto do meu irmão. É uma realização de dois sonhos, na mesma noite e na mesma família. Estou muito honrado, só tenho a agradecer a Deus pela oportunidade que o UFC está dando para a gente”, destacou Ismael, em entrevista exclusiva à Ag Fight.

Mais velho dos dois, com 27 anos, Ismael compete como peso-leve (70 kg), enquanto o caçula Gabriel entra em ação nos meio-médios (77 kg). A diferença de tamanho aliada a hierarquia de idade, eventualmente colocou os irmãos em rota de colisão, conforme os próprios lembraram com bom humor.

“Até um certo tempo, eu ainda colocava ele no eixo. Saía na mão com ele, batia nele. Mas de uns tempos para cá não está dando não. Uma vez eu coloquei ele dentro da máquina de lavar”, brincou Ismael, antes de ouvir a resposta do caçula da família Bonfim.

“O caçula cresceu. Eu era menorzinho, mas cresci. E se fosse para sair na mão agora, a gente sai. Mentira. Ele continua batendo em mim (risos). E quem colocou (ele na máquina) fui eu. Ele me batia com o cabo de rodo (risos)”, rebateu Gabriel.

Estreantes, os irmãos Bonfim tentam deixar uma primeira impressão positiva no Ultimate. Invicto, Gabriel enfrenta Mounir Lazzez, enquanto Ismael mede forças com Terrance Mckinney no card com sede no Rio de Janeiro.

Mais em Entrevistas