Siga-nos

Entrevistas

Diego Lima elege Makhachev como maior ameaça a Charles: “O mais completo”

Apesar de vir de dez vitórias consecutivas e ter sido superado apenas uma vez em sua carreira, Islam Makhachev ainda enfrenta certa desconfiança de parte da comunidade do MMA, que alega que o russo ainda não enfrentou adversários da elite dos pesos-leves (70 kg) antes de se credenciar pela disputa de título. Apesar de abrir possibilidade de debate, a equipe de Charles Oliveira discorda piamente desta premissa que coloca em dúvida as credenciais do wrestler. Seu técnico, Diego Lima, inclusive, opinou que o pupilo de Khabib Nurmagomedov é a principal ameaça para ‘Do Bronx’ no UFC.

Em entrevista exclusiva à Ag Fight, Diego comparou Islam com os mais recentes adversários de Charles e elegeu o russo como o mais completo baseado em um aspecto específico do jogo. Na opinião do treinador, Dustin Poirier, Justin Gaethje e Michael Chandler, assim como outros rivais, tinham receio de engajarem no chão contra o maior finalizador da história do Ultimate. Mas esse não parece ser o caso de Makhachev na análise da equipe do brasileiro.

“Acho que o Makhachev é mais completo (que os últimos rivais do Charles), ele é muito bom. Não é à toa que ele está aí. Quando a gente falou em (lutar com) McGregor, não era em nenhum momento desmerecendo o Makhachev, ele tem mérito suficiente para estar lá. A gente sabia que ele seria um futuro desafiante. É porque todo mundo sabe o que gira em torno do McGregor, o próprio Makhachev sabe disso, porque ele não é bobo (risos). O McGregor fez história no MMA, no UFC. Foi o lutador mais bem pago do mundo – esportista”, destacou Diego, antes de citar o diferencial e arriscar um palpite para a luta.

“O Makhachev é um cara duríssimo, completo. Bom em pé, bom no chão. A diferença dele pros outros, é que talvez os outros não queriam, de maneira nenhuma fazer chão com Charles. Já acredito que o Makhachev faria, por isso acho que ele tem um jogo muito completo, isso vai ser muito bom para nós também. Acredito que vai acabar por nocaute (a luta). Primeiro assalto, nocaute técnico”, completou o técnico da ‘Chute Boxe’.

Islam e Charles lideram o estrelado card do UFC 280, agendado para o dia 22 de outubro, em Abu Dhabi. Pela primeira vez na posição de desafiante, o russo soma 22 vitórias e apenas um revés como profissional de MMA, enquanto o brasileiro, ex-campeão da categoria, detém um cartel com 33 triunfos e oito derrotas, além de um ‘no contest’ (sem resultado).

Mais em Entrevistas