Siga-nos
Divulgação/FMS

Entrevistas

Christian Figueiredo festeja novo shape para estreia no boxe: “Perdi 7kg de gordura”

No próximo dia 25 de setembro, o ‘Fight Music Show’ promoverá o segundo evento de sua história, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Se na primeira edição a grande surpresa vinda do mundo do entretenimento para dentro do ringue foi o youtuber Whindersson Nunes, que enfrentou o tetracampeão mundial Acelino Popó Freitas, dessa vez uma das celebridades que testará suas habilidades no boxe é o multitarefas Christian Figueiredo, que também fez sucesso no internet – além de atuar, escrever e apresentar, entre outras funções. E além da fama e dos milhões de seguidores nas redes sociais, o catarinense possui outra semelhança com o comediante do Piauí, que atuou no primeiro show do ‘FMS’.

Assim como Whindersson, Christian Figueiredo também iniciou sua jornada na nobre arte como uma forma lúdica de se exercitar e melhorar sua saúde. Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag Fight (clique aqui), o youtuber – que subirá no ringue do ‘FMS 2’ para encarar o dançarino Dynho Alves – revelou que começou a treinar boxe após se assustar quando, ao fazer um exame de sangue, muitas de suas taxas estavam alteradas. Com o tempo, o astro da internet afirma, além de ter se encantado pelo esporte, sua qualidade de vida também teve um ganho inestimável, tudo através da prática da modalidade na qual se apresentará pela primeira vez no dia 25 de setembro.

“Eu sou um entusiasta (do boxe). Estou me dedicando ao esporte nos últimos quatro, cinco meses muito intensamente, por causa de uns exames de sangue que eu fiz e que vieram todos alterados: gordura no fígado, colesterol alto… E a partir daí eu falei: ‘Vou mudar de vida’. Comecei a fazer o boxe – sou um iniciante ainda – e dois meses depois veio o podcast com o Dynho e quase um mês depois veio esse convite da luta. Então, é um processo que eu estou já metade de um ano, intensamente, todo dia, de segunda a segunda. E mudei minha qualidade de vida. Fui fazer meus exames de sangue de novo e já refletiu na minha saúde. Eu perdi mais de sete quilos de gordura. Foi uma coisa absurda o que aconteceu em três meses. O que o boxe fez pela minha saúde não tem preço. E agora vou finalizar esse ciclo todo no ringue”, comentou Chris Figueiredo.

Ainda um iniciante na modalidade, como o próprio admite, subir em um ringue tão cedo não fazia parte dos planos iniciais do youtuber ao começar a treinar boxe visando uma melhora na qualidade de vida. Porém, uma discussão entre Christian e o dançarino Dynho Alves, ex-participante do reality show ‘A Fazenda’, no podcast ‘Eu Fico Loko’, fez com que Mamá Brito – CEO do Fight Music Show – convidasse os dois para resolver suas desavenças em uma luta de exibição no card da segunda edição do evento, que chegou no cenário nacional com o intuito de promover a integração entre os esportes de combate e o entretenimento.

“A ideia (de levar para o) ringue foi do nosso cabeça pensante, o Mamá (Brito), dono do evento, do Fight Music (Show). Só que depois do podcast, obviamente. A gente chamou o Dynho, ele já tinha um lance ali com o Lucas Selfie, porque na época da Fazenda o Selfie já tinha entrevistado ele. Então, já estava um clima de ficar perguntando da Fazenda e eu entrei na pilha do Lucas Selfie, fiquei ‘macetando’ em uma pergunta com ele. Aí ele se irritou, falou de ir embora. Eu não sabia se estava rolando mesmo aquele papo todo ou não, aí ele deu aquele arremate no final e eu falei: ‘Porra, o cara pegou pilha de verdade’. Depois que o Mamá veio com o convite do evento, a gente trocou ideia, falou: ‘É isso mesmo que a gente quer? Quer fazer isso no ringue? Bora'”, recordou Chris, antes de continuar.

“O Mamá entrou nesse segundo momento. Ele falou: ‘Querem resolver essa treta?’. Ficou marcando a gente para c*** na época do podcast, ficou duas semanas marcando a gente. O Dynho já respondeu alguns dias depois, uma semana depois, já falando: ‘Se o arregão quiser, eu estou dentro’. Aí me coçou a orelha. Eu falei: ‘Arregão não’. Quando me chama de arregão, eu pulo. É como na época do Pânico, eles me chamaram de arregão e eu fui lá e pulei de paraquedas. Então, eu embarco nas loucuras. Acho até que o Dynho está treinando há mais tempo que eu, mas eu não pensei duas vezes, falei: ‘Estou indo pelo esporte’. Não acredito na briga desnecessária. Então, vamos fazer dentro do esporte, com regras, em um evento legal? Então, bora. Agora, ficar batendo boca em rede social e tretando na rua, eu não sou esse cara”, concluiu.

O confronto entre Christian Figueiredo e Dynho Alves é apenas uma das atrações programadas para a segunda edição do ‘Fight Music Show’, que acontece no dia 25 de setembro, em Curitiba. Nas duas lutas principais, o evento promoverá o duelo entre o baiano Acelino Popo Freitas contra o cubano naturalizado brasileiro José Pelé Landi, veterano da época do Vale-Tudo, e a estreia no boxe da multicampeã do MMA Cris Cyborg, diante da experiente pugilista Simone Silva. Na parte do entretenimento, o show terá apresentação do comediante Tirullipa e contará com o Wesley Safadão cantando seus sucessos nos intervalos entre combates.

Mais em Entrevistas