Siga-nos
Leandro Bernardes/PxImages

Entrevistas

Charles ‘Do Bronx’ aposta em vitória de McGregor na trilogia contra Poirier no UFC

Charles Oliveira ainda não sabe quem será seu primeiro desafiante ao título do peso-leve (70 kg) do UFC, mas já possui um compromisso marcado para o dia 10 de julho. O brasileiro, campeão da categoria, estará atento ao que acontece na trilogia entre Conor McGregor e Dustin Poirier, válida pela edição de número 264, que será realizada em Las Vegas (EUA). Ansioso pela definição de seu próximo adversário, ‘Do Bronx’ deu seu palpite para o capítulo final da rivalidade entre os concorrentes de divisão.

Na coletiva de imprensa promovida pelo site ‘Bet Combat’ com presença virtual da reportagem da Ag Fight, Charles analisou o decisivo embate entre McGregor e Poirier e apontou o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve como favorito para a trilogia. Vale lembrar que, antes de se tornar campeão da categoria, ‘Do Bronx’, constantemente, citava o irlandês como adversário de seus sonhos. Agora, curiosamente, não é mais o brasileiro que busca o confronto no UFC e sim o astro do MMA.

Apesar de citar McGregor como favorito e apostar em sua vitória na trilogia, Charles também destacou a evolução de Poirier no esporte. Caso ‘The Diamond’ leve a melhor sobre o rival novamente, ‘Do Bronx’ se colocou à disposição para enfrentá-lo valendo o título do peso-leve. Inclusive, o americano não disputou o cinturão da categoria, vago na ocasião, porque optou por medir formas com ‘Notorious’ pela terceira vez.

“Hoje, sou campeão, é uma nova história sendo escrita. Aquele que ganhar, estarei pronto. É uma categoria muito difícil. Para mim, é a melhor do UFC. Quem o UFC mandar, vamos analisar, mas o foco é esse. Quem passar, vai lutar comigo. São dois grandes nomes. Na última luta, achava que o Dustin ganharia, mas no segundo round em diante. Ele surpreendeu e nocauteou no segundo. Para esta luta, acho que o Conor ganha. Acho que ele vem com outra mentalidade, mais focado. Pode ganhar, mas é uma luta difícil, equilibrada. Vou de Conor. Acho que ele leva a luta. Não sei o motivo, mas acho que sim”, palpitou Charles.

Charles Oliveira, de 31 anos, vive momento mágico no MMA. Conhecido no esporte pelo jiu-jitsu de alto nível, o brasileiro mostrou que sua trocação também está afiada e representa uma ameaça aos adversários. Agora, ‘Do Bronx’ possui nove triunfos seguidos, sendo cinco por finalização e três por nocaute. Além disso, o campeão do peso-leve do UFC é o recordista de finalizações na história da companhia (14 vezes) e também é o lutador que mais venceu pela via rápida (17).

Mais em Entrevistas