Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Boxe

Woodley garante levar luta contra Jake Paul a sério: “Como se fosse contra ‘Canelo'”

Em má fase no MMA e fora do UFC, Tyron Woodley resolveu respirar novos ares. Agora, o ex-campeão dos meio-médios (77 kg) da organização vai se aventurar no boxe e sua estreia nos ringues será contra Jake Paul, no dia 29 de agosto, em Cleveland (EUA). Disposto a fazer bonito para conseguir novas e valiosas lutas na nobre arte, ‘The Chosen One’ garantiu que tem levado os treinos a sério.

Na coletiva de imprensa realizada para promover a luta contra o youtuber, Woodley admitiu que Jake possui certas qualidades e informou que não vai subestimá-lo. Se o astro da internet revelou que visa enfrentar Saul ‘Canelo’ Álvarez no futuro, ‘The Chosen One’ destacou que está se preparando para o duelo como se fosse medir forças com a estrela mexicana.

O ex-campeão do UFC não poupou esforços para superar Jake. Após Ben Askren ser nocauteado no primeiro round pelo youtuber, o veterano reuniu uma equipe especializada e treinou boxe com Floyd Mayweather, que lhe aconselhou. Empolgado com a nova fase em sua carreira, Woodley contou que está aliviado por não perder tanto peso e frisou que tem o que é preciso para nocautear e tirar a invencibilidade do rival.

“Esta é uma oportunidade para me apresentar no boxe e estou me preparando de acordo. Estou me preparando como se estivesse lutando contra ‘Canelo’ Álvarez. Estou treinando assim, com campeões mundiais, de forma coesa. Sou abençoado. Eu peso 86 kg e me matei para pesar 77 kg todos esses anos. Agora, estou revigorado, renovado e pronto”, declarou o ex-campeão do UFC, antes de completar.

“Jake é um atleta. Ele e seu irmão lutaram wrestling, então, não se deixem enganar. Ele é um atleta e está tentando lutar sem pressão, minimizando o que está fazendo e como está se preparando. Na internet, ele diz que vai nocautear o pentacampeão mundial. Estou mais velho, mas sou mais rápido e forte e já fui atingido com tudo que ele pode usar. Eu também derrubei muitas pessoas”, concluiu.

Tyron Woodley, de 39 anos, viveu altos e baixos no MMA. O americano se tornou campeão dos meio-médios do UFC ao nocautear Robbie Lawler, em 2016, e defendeu o cinturão em quatro oportunidades, sendo duas vezes diante de Stephen Thompson, Demian Maia e Darren Till.

No entanto, o atleta entrou em má fase ao perder o título da categoria para Kamaru Usman, em 2019. Na sequência, o veterano sucumbiu contra Gilbert ‘Durinho’, Colby Covington, Vicente Luque e foi liberado pela organização. Seu cartel profissional é composto por 19 vitórias, sete derrotas e um empate.

Mais em Boxe