Siga-nos
Diego Ribas

Boxe

Oscar De La Hoya abandona aposentadoria e anuncia retorno ao boxe profissional

Depois de Mike Tyson e Roy Jones Jr agendarem uma luta de exibição entre eles e Evander Holyfield cogitar calçar as luvas mais uma vez, mais uma lenda do boxe profissional parece disposta a subir no ringue novamente e abandonar a aposentadoria. Ao site da ‘ESPN’ americana, Oscar De La Hoya revelou que pretende retornar ao esporte pelo qual não compete desde 2008, quando acabou superado por Manny Pacquiao.

Apesar do longo período afastado dos ringues e da idade avançada, De La Hoya, de 47 anos, destacou que se sente apto e que suas habilidades no boxe ainda estão presentes, sendo apenas uma questão de ajustar seu condicionamento físico para sua volta. Ainda de acordo com o americano – ex-campeão mundial de boxe em seis categorias de peso diferentes -, seu retorno à nobre arte não será em uma luta de exibição, como no caso do duelo entre Mike Tyson e Roy Jones Jr.

“Os rumores são verdadeiros, e eu vou começar a fazer sparring nas próximas semanas. Vai ser uma luta de verdade (e não de exibição). Eu sinto falta de estar no ringue. Eu amo boxe. O boxe é o que me deu tudo que eu tenho hoje, e eu apenas sinto falta”, revelou o ‘Golden Boy’, como é conhecido, antes de completar.

“Veja, já faz muito tempo, sim. Mas na verdade meu jab parece mais rápido do que nunca. Eu tenho que garantir que meu condicionamento esteja perfeito, minha saúde está boa. E isso vai ser resolvido nas próximas semanas. Então, vamos ver”, analisou o americano.

Campeão olímpico nas Olimpíadas de Barcelona, em 1992, Oscar De La Hoya deixou o boxe amador poucos meses depois de conquistar a medalha de ouro olímpica. Ativo entre 1992 e 2008, o americano de ascendência mexicana somou 39 vitórias, sendo 30 por nocaute, e seis derrotas em seu cartel profissional.

Mais em Boxe