Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Boxe

Floyd Mayweather critica McGregor após derrota no UFC 257 e acusa fãs de racismo

A derrota de Conor McGregor para Dustin Poirier no UFC 257, evento realizado no sábado (23), na ‘Ilha da Luta’, em Abu Dhabi (EAU), vai demorar para ser esquecida. Boa parte dos atletas dos esportes de combate criticou o astro irlandês pelo nocaute sofrido no segundo round e outros profissionais defenderam o ex-campeão do UFC do “linchamento virtual”. Floyd Mayweather integra o primeiro grupo. A lenda do boxe lembrou das provocações de ‘Notorious’ quando se enfrentaram em 2017 e aproveitou o momento para devolver algumas delas.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), Mayweather não perdoou McGregor e também lamentou a postura dos fãs. A lenda do boxe, em tom de insatisfação, compartilhou um comentário feito na internet, no qual um indivíduo questiona os motivos pelos quais o pugilista recebe críticas por seu comportamento, enquanto o atleta do UFC é reverenciado, mesmo tendo posturas similares. Sobre o tema, o veterano dos ringues reclamou da diferença de tratamento entre eles e acusou os seguidores de racismo.

“Eu vi este post e minha opinião sobre é que o mundo sabe que o charlatão McPerdedor pode roubar tudo de mim e ser amado, mas eu sou odiado. Isso permite que todos saibam que o racismo ainda existe. Aquele vagabundo nunca será eu ou estará no meu nível. Fui construído de forma diferente, minha mentalidade está em outro planeta, minhas habilidades são inigualáveis, sou um vencedor nato e, sim, falo muita besteira, mas toda vez me garanto! Isso é o que eles odeiam. É triste que você possa ser um pobre garoto negro do gueto que lidou com o racismo por toda a sua vida e trabalhar duro para colocar você e sua família em uma posição melhor, e a maior parte do ódio vem do meu próprio povo”, escreveu Mayweather em sua conta oficial no ‘Instagram’.

Floyd Mayweather, de 43 anos, disputou 50 lutas em sua carreira profissional e venceu todas, sendo 27 delas por nocaute. Sua despedida do esporte aconteceu em 2017, quando enfrentou Conor McGregor e nocauteou a estrela irlandesa no décimo round do duelo realizado em Las Vegas (EUA).

Mais em Boxe