Siga-nos
Divulgação/Triller Fight Club

Boxe

De La Hoya explica motivação para retornar da aposentadoria contra Vitor Belfort

Sem pisar no ringue desde dezembro de 2008, quando foi derrotado por Manny Pacquiao, Oscar De La Hoya voltará à ação no próximo dia 11 de setembro, em duelo contra o ex-campeão do UFC Vitor Belfort, que será promovido pela ‘Triller Fight Club’ em Los Angeles (EUA). O confronto entre as duas lendas de diferentes modalidades, que inicialmente especulava-se se tratar de uma luta de exibição, pegou a todos de surpresa ao ser confirmado recentemente que será disputado sob as regras do boxe profissional – apesar da idade avançada e da relativa longa inatividade de ambos. Tal decisão foi explicada pelo ‘Golden Boy’.

Em conversa com a imprensa durante coletiva de imprensa promocional do evento, De La Hoya, de 48 anos, ressaltou seu comprometimento ao subir no ringue para competir como uma das razões que o levaram a incentivar que o combate fosse ‘de verdade’, e não apenas uma exibição. De fato, o veterano se mostrou convicto de sua decisão e empolgado com a possibilidade de duelar contra a lenda brasileira do MMA.

“Quando eu luto, eu dou o meu máximo. Quando eu treino, eu treino como um louco. Estava um pouco cansado de todas essas exibições e, você sabe, quando você está lá em cima, você está lá para ir para a guerra. É isso que eu esperava fazer. Sei que ele é grande para c***. Mas eu vou dizer a vocês: estou fazendo isso pela razão certa. Então, mentalmente e fisicamente, é hora do show”, explicou De La Hoya, de acordo com transcrição do site ‘MMA Junkie’, antes de completar.

“Para mim mesmo. Estou fazendo isso para mim mesmo. Tive uma vida louca para c*** – tive uma vida louca. Me desculpe se eu fico emotivo e tal. Eu tenho feito isso por 35 anos. Sempre fiz isso pela minha família. Eu fiz isso pelos meus fãs ao redor do mundo. Entrei no ringue e só deixei tudo sair, porque eu amo o que eu faço. Eu amo o que eu represento para as pessoas. Mas estou finalmente fazendo isso por mim mesmo. (…) Mal posso esperar”, concluiu.

A superluta entre Oscar De La Hoya e Vitor Belfort está prevista para ter oito rounds, sendo sancionada pela Comissão Atlética do Estado da Califórnia. O evento terá como palco o famoso ginásio ‘Staples Center’, casa dos times da NBA Los Angeles Lakers e Los Angeles Clippers. Ao todo em sua carreira, o ‘Golden Boy’, como é conhecido o americano, venceu 39 lutas e perdeu apenas seis, tendo conquistado onze títulos mundiais em seis categorias de peso diferentes.

Por sua vez, o brasileiro Vitor Belfort, quatro anos mais jovem que o rival, construiu uma vitoriosa carreira no MMA profissional, com um cartel de 26 vitórias, 14 derrotas e um ‘no contest’ (sem resultado). O ex-campeão meio-pesado (93 kg) do UFC possui apenas um combate no boxe profissional, disputado em 2006, contra Josemario Neves, e vencido pelo carioca.

Mais em Boxe