Siga-nos
Divulgação

Boxe

‘Canelo’ Álvarez domina adversário e acena para possibilidade de realizar trilogia com ‘GGG’

Saul Álvarez não deixou Gennady Gennadyevich Golovkin reinar sozinho no boxe durante o fim de semana. Se na sexta-feira (18), ‘GGG’ nocauteou Kamil Szeremeta, no sábado (19), foi a vez de ‘Canelo’ brilhar nos ringues. No estádio Alamodome, localizado em San Antonio, Texas (EUA), a estrela mexicana enfrentou Callum Smith e confirmou o favoritismo sem ter muito trabalho. O atleta venceu o rival por decisão unânime e conquistou os cinturões do peso-super-médio (76,2 kg) da WBA (Associação Mundial de Boxe), WBC (Conselho Mundial de Boxe) e do The Ring.

Como ‘Canelo’ e ‘GGG’ seguem dominantes, a mídia especializada que cobre o esporte especula que, na próxima temporada, a dupla realize a aguardada trilogia, que coloca o primeiro em vantagem. ‘Canelo’, considerado por boa parte dos fãs como o melhor lutador de boxe da atualidade, justificou sua posição ao vencer todos os rounds contra o britânico. A estrela mexicana ignorou a diferença de altura de 16 centímetros, aplicou 209 golpes contra 97 de Smith e impôs ao oponente a primeira derrota de sua trajetória.

“Me sinto muito bem com 76 kg. Fiz um ótimo trabalho e estou muito feliz. Sou o melhor do mundo. Quero todos os cinturões e não importa quem os tenha. Não corro de ninguém. Só mostrei que lutei contra os melhores. Se ele (‘GGG’) aceitar a luta, eu vou. Mostrei ao mundo que luto contra os melhores”, declarou o mexicano.

Em sua carreira, Saul ‘Canelo’ Álvarez disputou 57 lutas, venceu 54, sendo 36 por nocaute, perdeu uma e empatou duas vezes. A única derrota do mexicano foi para Floyd Mayweather, em 2013. Atualmente, o maior rival do lutador é, justamente, ‘GGG’, por isso a trilogia se faz presente no imaginário dos fãs. A dupla empatou uma vez e, no último encontro, ‘Canelo’ levou a melhor por decisão majoritária em 2018.

Mais em Boxe