Siga-nos
Diego Ribas

Boxe

Atrapalhado pela pandemia, Dana White promete retomar negociações com Mayweather

Ao que tudo indica, a parceria entre UFC e Floyd Mayweather ainda pode acontecer. Em uma transmissão ao vivo do ‘Instagram’ com o site ‘Yahoo! Sports’, Dana White – presidente do Ultimate – confirmou que o interesse mútuo, divulgado por ambas as partes antes da pandemia do novo coronavírus, de trabalhar em conjunto em um novo projeto e provavelmente promover o retorno do ex-campeão mundial de boxe aos ringues ainda existe, mesmo que tenha sido momentaneamente deixado de lado em razão da crise mundial.

As conversas entre Floyd e Dana tiveram início em novembro de 2019, quando ambos foram vistos sentados lado a lado na primeira fileira de um jogo da NBA (liga americana de basquete). No entanto, a pandemia do COVID-19, que causou drásticas mudanças no mundo neste ano, parece ter esfriado as negociações, ainda que não de forma definitiva, de acordo com o presidente do UFC, que prometeu retomar as tratativas assim que toda a situação se estabilizar.

“Floyd quer lutar. Ele quer lutar. Nós provavelmente vamos… Escute, eu estou lidando com toda essa m*** que está acontecendo em 2020, no momento. Floyd e eu queremos trabalhar juntos. Nós queremos fazer algo. Nós vamos fazer alguma coisa. Eu só preciso de um pouco mais de tempo para organizar a minha vida”, declarou Dana White.

Com a parceria entre o pugilista e a principal organização de MMA do planeta, o especulado retorno de Mayweather aos ringues pode ocorrer novamente diante de uma das estrelas do UFC. Em 2017, o ex-campeão mundial encarou o irlandês Conor McGregor – ex-campeão peso-pena (66 kg) e peso-leve (70 kg) do Ultimate – em um dos maiores eventos de esportes de combate da história, saindo vitorioso por nocaute técnico no 10º assalto.

Mais em Boxe