Siga-nos
Diego Ribas/PxImages

Bellator

Presidente do Bellator prega cautela, mas admite buscar a contratação de Pettis

Após vencer Alex Morono, no último sábado (19), existia a expectativa de qual seria o futuro de Anthony Pettis, já que esta luta foi a última do seu contrato com o Ultimate. Mas a novela não durou muitos dias. Na última terça-feira, o americano anunciou que iria se testar no mercado e se despediu do UFC. Por isso, como não poderia ser diferente, já começa a especulação para onde o ‘Showtime’ vai atuar e surge o nome do Bellator.

Em entrevista ao site ‘MMA Junkie’, Scott Coker, presidente do Bellator, analisou a possibilidade de trazer Pettis para o seu elenco e adiantou a ideia de marcar uma conversa com o staff do lutador para negociar essa situação. No entanto, o dirigente pregou cautela em relação ao acerto com o ex-campeão do peso-leve (70 kg) do UFC, principalmente para ter certeza que financeiramente será um bom negócio.

“Tenho certeza de que meus caras já estão conversando com seus agentes e teremos uma conversa. O nível (de interesse) às vezes é baseado no negócio, porque tem que ver se o preço vale a pena. E isso que se resume a: o preço vale o que pensamos das lutas que podemos realizar para ele?”, afirmou, antes de completar.

“A questão é quanto ele deixou no tanque de gasolina? Mas com certeza teremos essa conversa, e normalmente temos essa conversa com todos os agentes livres, a gente fechando ou não com eles. Provavelmente faremos a mesma coisa com Pettis se ainda não o tivermos feito”, finalizou o mandatário da organização.

Após viver um momento de instabilidade na carreira depois de perder o cinturão do peso-leve do Ultimate, em 2015, para Rafael Dos Anjos, Anthony Pettis voltou a somar duas vitórias seguidas na carreira. Em 2020, o americano superou Donald Cerrone e Alex Morono, ambos os triunfos por decisão dos jurados. No MMA profissional desde 2007, o ‘Showtime’ possui 24 resultados positivos, sendo 11 por nocaute, e dez reveses.

Mais em Bellator