Siga-nos
Divulgação/Bellator

Bellator

AJ McKee desafia Patricky ‘Pitbull’ de olho em cinturão duplo do Bellator

Ao que parece, AJ McKee tem como um de seus objetivos no MMA ser o carrasco da família Freire no Bellator. Em julho, na Califórnia (EUA), o americano chocou o mundo ao finalizar Patrício ‘Pitbull’ no primeiro round, conquistou o GP do peso-pena (66 kg) da companhia e se tornou campeão da categoria. Confiante e em busca de ampliar seu legado na organização, ‘Mercenary’ definiu seu próximo passo e mirou o irmão mais velho do antigo rei da divisão.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), McKee, invicto no MMA e disposto a ser tornar campeão de duas categorias do Bellator ao mesmo tempo, desafiou Patricky, que conquistou o cinturão vago do peso-leve (70 kg) da companhia ao nocautear Peter Queally, em novembro, após Patrício abdicar do objeto. Como ‘Pitbull’ utilizou a mesma plataforma para perguntar quem seria seu próximo adversário e primeiro desafiante ao título da divisão, o americano, mostrou que está atento ao que acontece na empresa, e aproveitou a chance.

O campeão do peso-pena do Bellator se colocou à disposição da companhia para medir forças com Patricky, de olho na conquista do segundo cinturão. Vale pontuar que, após destronar Patrício, McKee informou que é apenas uma questão de tempo para mudar de categoria, ou seja, subir para o peso-leve. Aos 26 anos, o americano surpreendeu e revelou que já encontra dificuldade para passar pela balança e atuar com 66 kg.

“Ei, eu vou pegar esse cinturão se você quiser“, escreveu o campeão do Bellator em sua conta oficial no ‘Twitter’.

AJ McKee, de 26 anos, é filho do veterano Antonio McKee, ex-lutador de MMA, e, mesmo com a pouca idade, já é um dos símbolos do Bellator. O campeão do peso-pena da companhia iniciou sua carreira no esporte em 2015, disputou 18 combates e venceu todos, sendo seis por nocaute e sete por finalização. A curiosidade é que todas as lutas do americano foram realizadas pela organização de Scott Coker. Seus principais triunfos foram sobre Darrion Caldwell, Pat Curran e Patrício ‘Pitbull’.

Mais em Bellator