Siga-nos
exclusivo!

Vídeos

Ponzinibbio relata frustração com problemas que impediram sua volta: “Parece sacanagem”

Santiago Ponzinibbio possui nove vitórias e duas derrotas pelo UFC – Leandro Bernardes

Sem lutar desde novembro de 2018, Santiago Ponzinibbio parece ter uma espécie de ‘nuvem negra’ pairando sobre sua cabeça nos últimos tempos. Após passar por um grave problema de saúde em 2019, o meio-médio (77 kg) colecionou algumas adversidades menores, a última delas a contaminação por COVID-19, que o impediram de retornar aos octógonos do UFC até o momento.

Em entrevista exclusiva à reportagem da Ag.Fight (veja abaixo ou clique aqui), o ‘Argentino Gente Boa’, como é conhecido, destacou sua frustração com os recentes episódios que o impediram de finalmente retornar à ação neste ano. Frustrado, Ponzinibbio – que venceu os sete últimos confrontos que disputou – ainda lamentou o fato de sua ausência tê-lo deixado distante da disputa pelo cinturão dos meio-médios, atualmente sob poder do nigeriano Kamaru Usman.

“Parece brincadeira. Às vezes acontece uma parada ruim e depois vem uma atrás da outra. Tinha pensado em lutar em abril, aí não teve evento. O UFC voltou em maio, e eu estava vendo de lutar no dia 30 de maio, aí eu quebrei um dedo do pé em um treinamento. Eu estava fazendo sparring, super bem treinado, ajudando o Dustin (Poirier). Dei um chute, uma coisa leve, e quebrei um dedo do pé. Fiquei sem treinar (um tempo). Quando voltei, eu peguei uma leve infecção, tive que limpar, fiquei uma semana fora. Voltei, aí peguei o COVID-19. Parece que vem tudo junto, são pequenas coisas. Já estou curado do problema grave que eu tive em 2019, que foi o que me deixou fora, mas eu estou para voltar a lutar e acontece alguma coisa. Parece sacanagem”, relembrou o argentino, antes de comentar sobre a frustração que sente.

“É muito frustrante porque eu tenho certeza que tenho potencial para ser campeão do mundo. Eu não falo isso menosprezando (quem está no topo), mas eu venho assistindo as lutas do Kamaru (Usman) desde o começo, estava para lutar com ele em 2018, no Chile. Eu acho que ele é uma ótima luta para mim, para o meu jogo, eu mantenho bem a distância. Eu acho que é uma luta ótima, eu só preciso da oportunidade para me converter em campeão mundial”, lamentou Santiago.

Santiago Ponzinibbio teve grande destaque em 2013, quando fez uma campanha de sucesso na segunda edição do TUF Brasil. Porém, acabou se lesionando após a semifinal e não pôde disputar o título do programa contra William ‘Patolino’. Entretanto, no mesmo ano, recebeu a chance e estreou no Ultimate. Desde então, o argentino tem nove vitórias, sendo sete de maneira consecutivas, e duas derrotas.

Mais em Vídeos